O exercício de agachamento e suas variações: um estudo descritivo com praticantes universitários

Weder Alves Silva, Cezimar Correia Borges, Rodrigo Ansaloni de Oliveira, Roosevelt Leão únior, Patrícia Roberta dos Santos

Resumo


Objetivo: Descrever sobre quais são os tipos mais frequentes do exercício de agachamento. Métodos: Amostra que contou com 150 estudantes de três instituições de ensino superior, por meio de aplicação de um questionário estruturado. Resultados: Os resultados demonstraram que o agachamento do tipo livre (barra) foi significativamente mais citado (p < 0,05) em relação aos demais, sendo também identificado que além deste, no mínimo mais outro tipo é bastante utilizado, com destaque para o agachamento do tipo sumô pelas mulheres. Conclusão: A diversidade de muitas variações adotadas para o treinamento de agachamento, sob o propósito de que possa ser mais desenvolvida esteticamente determinada região muscular, não condiz com os achados da literatura, o que aponta para uma necessidade de maior intervenção por parte dos profissionais ou futuros profissionais da área de educação física, no sentido de orientar e direcionar prescrição de exercícios com pesos. 


Palavras-chave


exercício, treinamento, educação física

Texto completo:

P.09-12

Referências


Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Vigitel Brasil 2013: Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico. Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde. Brasília: Ministério da Saúde; 2013.

Amado GM, Gomes JR, Nagata EY, Livramento WR. Análise da força de reação do solo no exercício agachamento afundo em superfície estável e no bosu. XXIV Congresso Brasileiro de Engenharia Biomédica – CDBED 2014; Available from:

.

Hidrata RP. Análise da carga mecânica no joelho durante o agachamento. [Dissertação de Mestrado em Educação Física]. São Paulo (SP): Universidade de São Paulo; 2006.

Marchetti PH, Gomes WA, Luz Júnior DA, Giampaoli B, Amorim MA, Bastos HL, et al. Aspectos neuromecânicos do exercício agachamento. Revista CPAQV. 2013;5(2).

Guedes DP, Legnani RFS, Legnani E. Motivos para a prática de exercício físico em universitários e fatores associados. Rev. bras. Educ. Fís. Esporte. 2012;26(4):679-89.

Legnani RFS, Guedes DP, Legnani E, Barbosa Filho VC, Campos W. Fatores motivacionais associados à prática de exercício físico em estudantes universitários. Rev. Bras. Ciênc. Esporte. 2011;33(3):761-772.

Evans N. Anatomia da musculação. São Paulo: Manole; 2007.

Kelencz CA. Análise eletromiográfica do exercício agachamento nos ângulos de 90º e 130º de flexão dos joelhos utilizando a Transformada de Wawelet. [Dissertação de Mestrado em Engenharia Biométrica]. São José dos Campos (SP): Universidade do Vale do Paraíba; 2006.

Paoli A, Marcolin G, Petrone N. The effect of stance width on the electromyographical activity of eight superficial thigh muscles during back squat with different bar loads. J Strength Cond Res. 2009;23(1):246-50.

Murray N, Cipriani D, O’Rand D, Reed-Jones R. Effects of Foot Position during Squatting on the Quadriceps Femoris: An Electromyographic Study. Int J Exerc Sci. 2013;6(2):114–125.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

Licença Creative Commons
Arquivos de Ciências do Esporte de Universidade Federal do Triângulo Mineiro está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://seer.uftm.edu.br/revistaeletronica/index.php/aces.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://seer.uftm.edu.br/revistaeletronica/index.php/aces.