Prevalência de fatores de riscos cardiovasculares em militares de batalhão do exército brasileiro

Calebe Barbosa de Castro, Leandro Teixeira Paranhos Lopes

Resumo


Objetivo: Verificar o perfil cardiovascular de militares do Exército Brasileiro em Uberlândia-MG e fazer um comparativo entre militares da parte administrativa (GI) e da parte operacional (GII). Métodos: Utilizou-se uma amostra de 99 militares, homens, saudáveis, de 20 a 52 anos. Foram avaliados idade, %G, RCQ, PA, IMC, frequência de atividade física, tabagismo e etilismo. Resultados: Houve diferença significativa entre os grupos (GI e GII) somente nas variáveis: idade e %G. Pode-se perceber uma correlação entre as mesmas variáveis nos dois grupos analisados (RCQ e idade, IMC e %G, IMC e RCQ e por fim RCQ e %G). Somente no GI houve correlação significativa entre RCQ e PAS. Conclusão: Os resultados mostraram que os dois setores avaliados apresentaram praticamente os mesmos valores indicando que se devem adotar estratégias de prevenção e controle dos fatores de riscos referentes ao desenvolvimento de doenças cardiovasculares abrangendo todos os setores da instituição.


Palavras-chave


exército, perfil cardiovascular, avaliação física

Texto completo:

P.34-36

Referências


Brasil. Mortes por doenças cardiovasculares caem 20,5% no Brasil. Portal da Saúde, 2009. Disponível em: http://portal.saude.gov.br.

Conceição TV, Gomes FA, Tauil PL, Rosa TT. Valores de pressão arterial e suas associações com fatores de risco cardiovasculares em servidores da Universidade de Brasília. Arq. Bras. Cardiol. 2006; 86:26-31.

Chor D. Perfil cardiovascular de funcionários de banco estatal. Tese doutorado. USP São Paulo, 1997.

Simão M. Fatores de risco para as doenças cardiovasculares em trabalhadores de uma destilaria do interior paulista. [Tese]. USP. São Paulo, 2001.

Dawber TR, Moore FE, Mann GV. Coronary Heart Disease in Framingham Study. Am J Public Health Nations Health. 1957;47(4 Pt 2):4-24.

Carneiro G, Faria AN, Ribeiro-Filho FF, Guimarães A, Lerário D, Ferreira SRG. et al . Influência da distribuição da gordura corporal sobre a prevalência de hipertensão arterial e outros fatores de risco cardiovascular em indivíduos obesos. Rev. Assoc. Med. Bras. 2003;49(3):306-311.

van den Hoogen PC, Feskens EJ, Nagelkerke NJ, Menotti A, Nissinen A, Kromhout D. The relation between blood pressure and mortality due to coronary heart disease among men in different parts of the world. Seven Countries Study Research Group. N Engl J Med. 2000;342(1):1-8.

Vieira G, Duarte D, Silva R, Fraga C, Oliveira M, Rocha R, et al. Efeitos de oito semanas de treinamento físico militar sobre o desempenho físico, variáveis cardiovasculares e somatório de dobras cutâneas de militares de força de paz do Exército Brasileiro. Rev Educ Fis 2006;134:30-40.

Mcardle WD, Katch FI, Katch VL. Fisiologia do Exercício: energia, nutrição e desempenho humano. 6ª ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 2008.

Tritschler K. Medida e avaliação em Educação Física e Esportes de Barrow e McGee. Barueri: Manole; 2003.

Programa de Hipertensão Arterial. Técnica de aferição da pressão arterial de consultório. [Acesso em 24 de fev. 2010]. Disponível em: www.prohart.hucff.ufrj.br.

International Physical Activity Questionaaire. [Acesso em 25 de fev. 2010]. Disponível em: www.ipaq.ki.se.

Hubert HB, Feinleib M, McNamara PM, Castelli WP. Obesity as an independent risk factor for cardiovascular disease: a 26-year follow-up of participants in the Framingham Heart Study. Circulation. 1983;67(5):968-77.

Ignez SM, Leda TC, Inés CM, Tieko OE. Smoking, consumption of alcohol and sedentary life style in population grouping and their relationships with lipemic disorders. Rev. Saúde Pública. 1995; 29(1):38-45.

Batlouni M. Álcool e sistema cardiovascular. Arquivos Médicos do ABC. 2006;(2):14-6.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

Licença Creative Commons
Arquivos de Ciências do Esporte de Universidade Federal do Triângulo Mineiro está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://seer.uftm.edu.br/revistaeletronica/index.php/aces.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://seer.uftm.edu.br/revistaeletronica/index.php/aces.