Ação social e combate à pobreza: perspectivas com base em desenhos negros

Diego da Costa Vitorino

Resumo


A partir de desenhos elaborados por jovens negros e carentes da periferia de Araraquara, este trabalho ilustra imaginários dos estudantes envolvidos num projeto educacional de uma organização não governamental acerca do continente africano. Com base em reflexões à luz das teorias da complexidade, a pesquisa procura compreender como esses jovens passam de atores a autores da ação social, mobilizados pela proposta educativa daentidade, que tem como objetivo garantir acesso aos bancos universitários a esses estudantes. No contexto da educação popular dos negros, os desenhos revelam a capacidade e as limitações do agir desses atores sociais frente ao combate à pobreza e a necessidade de mobilidade social dos grupos que aindase encontram à margem do ensino superior no país.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18554/cimeac.v5i1.1473

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


   

International Standard Serial Number (International Centre)

Licença Creative Commons A revista eletrônica Cadernos CIMEAC (ISSN 2178-9770) está licenciada com uma licença Creative Commons.

Creative Commons License Electronic journal Cadernos CIMEAC (ISSN 2178-9770) is licensed under a Creative Commons License.

Google Scholar Citations