MULHERES: SINGULARES E PLURAIS

Maria Helena Baena de Moraes Lopes

Resumo


À medida que a mulher conquista o seu lugar na sociedade, muda a assistência à saúde a ela prestada; inicialmente centrada no sistema reprodutivo, atualmente tem aos poucos se expandido para uma visão holística da mulher, a fim de contemplar não apenas suas necessidades físicas, mas também sociais, emocionais e espirituais. Essas mudanças requerem uma nova definição de saúde da mulher que seja “mulher centrada”.

Texto completo:

PDF

Referências


Collins JB, Sharp N. Women and the health care system. In: Youngking EQ, Davis MS (Ed). Women’s health: a primary care clinical guide. 2nd ed. Stanford, Connecticut: Appleton & Lange; 1998. p. 3-19.

OMS. Organização Mundial da Saúde. Prevenção da violência sexual e da violência pelo parceiro íntimo contra a mulher: ação e produção de evidência. 2012. [citado em 4 dez 2014] Disponível em: http://apps.who.int/iris/bitstream/10665/44350/3/9789275716359_por.pdf.

Bott S, Guedes A, Goodwin M, Mendoza JA. Resumen del informe violencia contra la mujer en América Latina y el Caribe: Análisis comparativo de datos poblacionales de 12 países. Washington, DC: OPS; 2013.

Diogo MJD, Ceolim MF, Cintra FA. Orientações para idosas que cuidam de idosos no domicílio. Rev Esc Enferm USP. 2005; 39(1):97-102.

Rodrigues-Trias H. Women’s health, women’s lives, women’s rights. American Journal of Public Health. 1992; 82(5):663-4.

Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Ações Programáticas Estratégicas (BR). Estudo da mortalidade de mulheres de 10 a 49 anos, com ênfase na mortalidade materna: relatório final. Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. Brasília: Editora do Ministério da Saúde; 2006. 126 p. (Série C. Projetos, Programas e Relatórios).

Ministério da Saúde. Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos. Departamento de Ciência e Tecnologia (BR). Agenda nacional de prioridades de pesquisa em saúde. Ministério da Saúde, Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos, Departamento de Ciência e Tecnologia. 2ª ed. Brasília: Editora do Ministério da Saúde; 2008. 68 p. (Série B. Textos Básicos em Saúde).

Bertoncini BZ, Moraes KS, Kulkamp IC. Comportamento sexual em adultos maiores de 50 anos infectados pelo HIV. J Bras Doenças Sex Transm 2007; 19(2): 75-9.

Organización Mundial de la Saúde (OMS). Objetivos de Desarrollo del Milenio. [citado em 4 dez 2014]. Disponível em: http://www.who.int/topics/millennium_development_goals/es/.




DOI: https://doi.org/10.18554/

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


URL da licença: https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/