PROMOÇÃO E EDUCAÇÃO EM SAÚDE PARA TRABALHADORES DE UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE- RELATO DE EXPERIÊNCIA

Débora Alves da Silva, Izabella Mendes de Souza Rocha, Rozana Souza e Silva, Cláudia Maria de Mattos Penna

Resumo


O trabalhador da saúde está exposto a diversos estressores ocupacionais: jornadas exaustivas, sobrecarga de tarefas e recursos precários para desenvolvimento de ações cotidianas. Atenta-se para o cuidado com os mesmos, a fim de melhorar a qualidade de vida destes e manter a continuidade do serviço prestado. Objetivou-se desenvolver ações de promoção e prevenção à saúde para profissionais de Unidades Básicas de Saúde (UBS). Trata-se de um relato de experiência de natureza descritiva. Realizado durante o estágio curricular do curso de Enfermagem, em um município de Minas Gerais, no período de agosto a dezembro de 2015. Utilizou-se questionário semi-estruturado para levantamento das demandas dos trabalhadores e atividades de educação e promoção à saúde, atingindo 39 trabalhadores.  A ação proporcionou bem-estar, valorização da vida e saúde do profissional, satisfação e relaxamento. Concluiu-se que há necessidade de continuidade de ações promotoras de saúde para esses profissionais que, muitas vezes, têm sua saúde negligenciada.

Descritores: Saúde do Trabalhador. Promoção em Saúde. Engenharia Humana. Atenção Primária à Saúde.


Texto completo:

PDF PDF ENGLISH


DOI: https://doi.org/10.18554/reas.v6i2.1837

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


URL da licença: https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/