COMPLICAÇÕES APRESENTADAS POR RECÉM-NASCIDOS DE MÃES TABAGISTAS NO PERÍODO NEONATAL

Marília Braga Machado, João Paulo Assunção Borges, Tatiana Carneiro de Resende

Resumo


Objetivos: Apresentar as evidências disponíveis na literatura nacional sobre as principais complicações apresentadas por recém-nascidos (RNs) de mães tabagistas no período neonatal. Metodologia: Trata-se de uma Revisão Integrativa (RI) da literatura, composta por artigos obtidos bases de dados científicos, utilizando-se os descritores: tabagismo, recém-nascido, complicações. Os artigos foram organizados por meio de formulário para coleta de dados. Resultados: Foram encontrados 08 artigos publicados entre 2006-2016. A primeira categoria abordou a incidência do tabagismo na gestação. A segunda categoria identificou as complicações apresentadas pelo RN. Conclusão: As principais complicações encontradas foram: diminuição do peso do RN, comprimento e perímetro cefálico, e peso insuficiente ao nascer, comparados aos recém-nascidos de mães que nunca fumaram. É de suma importância a realização de novas pesquisas a fim de propiciar a implementação de intervenções na assistência à saúde materna e do RN.


Texto completo:

PDF PDF ENGLISH

Referências


Piccinini C, Gomes A, De Nardi T, Lopes R. Gestação e a constituição da maternidade. Psicologia em Estudo. 2008;13(1):63-72.

Pinheiro J, Tinoco L, Rocha A, Rodrigues M, Lyra C, Ferreira M. Atenção à criança no período neonatal: avaliação do pacto de redução da mortalidade neonatal no Rio Grande do Norte, Brasil. Ciência & Saúde Coletiva. 2016;21(1):243-252.

Teixeira G, Costa F, Mata M, de Carvalho J, de Souza N, da Silva R. Fatores de risco para a mortalidade neonatal na primeira semana de vida. Rev. Rev Pesquisa Cuidado é Fundamental Online. 2016;8(1):4036-4046.

Leopércio W, Gigliotti A. Tabagismo e suas peculiaridades durante a gestação: uma revisão crítica. Jorn Bras Pneumologia. 2004;176-184.

Lombardi E, Prado G, Santos U, Fernandes F. O tabagismo e a mulher: riscos, impactos e desafios. Jorn Bras Pneumologia. 2011; 118-128.

Mendes K, Silveira R, Galvão C. Revisão integrativa: método de pesquisa para a incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Rev Texto & Contexto Enferm. 2008;17(4):758-764.

Pompeo D, Rossi L, Galvão C. Revisão integrativa: etapa inicial do processo de validação de diagnóstico de enfermagem. Acta Paulista de Enfermagem. 2009;22(4):434-438.

Ursi E, Galvão C. Prevenção de lesões de pele no perioperatório: revisão integrativa da literatura. Revista Latino-americana de Enfermagem. 2006;14(1):124-131.

Rocha R, Bezerra S, Lima J, Costa F. Consumo de medicamentos, álcool e fumo na gestação e avaliação dos riscos teratogênicos. Revista Gaúcha de Enfermagem. 2013;34(2):37-45.

Machado J, Lopes M. Abordagem do tabagismo na gestação. Scientia Medica. 2009;19(2):75-80.

Correia S, Nascimento C, Gouveia R, Martins S, Sandes A, Figueira J et al. Gravidez e Tabagismo: uma oportunidade para mudar comportamentos. Acta Médica. 2007;20:201-207.

Zhang L, González-Chica D, Cesar J, Mendoza-Sassi R, Beskow B, Larentis N et al. Tabagismo materno durante a gestação e medidas antropométricas do recém-nascido: um estudo de base populacional no extremo sul do Brasil. Cad Saúde Pública. 2011;27(9):1668-1776.

Surita F, Suarez M, Siani S, Pinto e Silva J. Fatores associados ao baixo peso ao nascimento entre adolescentes no Sudeste do Brasil. Rev Bras Ginecologia e Obstetrícia. 2011;33(10):286-291.

Paranaíba L, Miranda R, Martelli D, Bonan P, de Almeida H, Orsi Júnior J et al. Fissuras lábio-palatinas: série de casos clínicos incomuns. Brazilian Journal Of Otorhinolaryngology. 2010; 649-653.

Silva A, de Almeida M, Matsuo T, Soares D. Fatores de risco para nascimentos pré-termo em Londrina, Paraná, Brasil. Cad Saúde Pública. 2009;25(10):2125-2138.

Galão A, Soder S, Gerhardt M, Faertes T, Krüger M, Pereira D et al. Efeitos do fumo materno durante a gestação e complicações perinatais. Revista Hcpa. 2009;29(3):218-224.

Araujo O, Albertoni A, Lopes V, Louzada M, Lopes A, Cabral E et al. Parto cesáreo e outros riscos para hipertensão pulmonar persistente do recém-nascido. Rev. Bras. Terapia Intensiva. 2008;20(4):394-397.

Azenha V, Mattar M, Cardoso V, Barbieri M, Del Ciampo L, Bettiol H. Peso insuficiente ao nascer: estudo de fatores associados em duas coortes de recém-nascidos em Ribeirão Preto, São Paulo. Rev. Paul. Pediatria. 2008;26(1):27-35.

Rozoz T, Fiss E, Catherino P, Perestrelo M, Nomura M. Hábito de fumar das gestantes e parturientes de um hospital universitário e seus conhecimentos sobre os efeitos do fumo em fetos e lactentes. Arquivo Médico. 2004;29(1).

Dorea J. Maternal smoking and infant feeding: breastfeeding is better and safer. Matern Child Health J. 2007;11:287-291.




DOI: https://doi.org/10.18554/reas.v6i2.1979

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


URL da licença: https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/