PRODUÇÃO DE DOCUMENTÁRIOS NO ENSINO EM SAÚDE: UMA EXPERIÊNCIA DE APRENDIZAGEM ATIVA NA GRADUAÇÃO

John Victor dos Santos Silva, Mirelle dos Santos, Amanda Cavalcante de Macêdo, Vívian Mayara da Silva Barbosa, Lucas Kayzan Barbosa da Silva

Resumo


Objetivo: Relatar a experiência de estudantes do curso de enfermagem na produção de documentários como estratégia de aprendizagem ativa na graduação. Método: Trata-se de um estudo do tipo relato de experiência. A experiência aconteceu entre os meses de setembro e novembro de 2017. Participaram dessa atividade 36 estudantes de curso de enfermagem da instituição proponente, distribuído em sete grupos onde cada um ficou responsável pela criação de um documentário.  Resultado: Foram criados sete documentários seguindo as etapas de Preparação, Gravação, Edição e Apresentação. Durante a preparação os estudantes conheceram mais sobre a população e os serviços da realização da atividade. Na gravação foi possível a aproximação com o trabalho realizado. Na edição os estudantes utilizaram a criatividade na montagem dos vídeos. E na última, etapa, a apresentação, o produto final foi compartilhado em sala de aula com professores e a turma. Discussão: Sabe-se que a utilização de metodologias ativas de ensino auxilia na construção crítica do conhecimento, promove a reflexão frente aos conhecimentos construídos possibilitando o desenvolvimento de profissionais capazes de responder as necessidades da sociedade, mas elas também demandam uma organização sistemática e operacional, para que não sejam apenas atividades aleatórias sem nenhuma finalidade. Conclusão: O processo de criação dos documentários mostrou-se uma ferramenta valiosa de ensino-aprendizagem para os estudantes.

Descritores: Educação Superior; Ensino; Metodologia; Currículo; Aprendizagem.


Texto completo:

PDF PDF ENGLISH

Referências


Simon E, Jezine E, Vasconcelos EM, Ribeiro KSQS. Metodologias ativas de ensino-aprendizagem e educação popular: encontros e desencontros no contexto da formação dos profissionais de saúde. Interface (Botucatu) [Internet]. 2014 [citado em 08 jan 2020]; 18(Supl 2):1355-64. Disponível em: https://www.scielosp.org/pdf/icse/2014.v18suppl2/1355-1364/pt

Ribeiro JBP, Teles SM, Montenegro MAP, Moreira JR. Intervenção pedagógica e metodologia ativa: o uso da instrução por colegas na educação profissional. Outras Palavras [Internet]. 2016 [citado em 08 jan 2020]; 12(2):1-16. Disponível em: http://revista.faculdadeprojecao.edu.br/index.php/Projecao5/article/view/715

Barbosa LCA, Bazz WA. O uso de documentários para o debate ciência-tecnologia-sociedade (CTS) em sala de aula. Ens Pesqui Educ Ciênc. [Internet]. 2013 [citado em 08 jan 2020];15(3):149-61. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/epec/v15n3/1983-2117-epec-15-03-00149.pdf

Miranda MR, Carvalho CA, Carvalho VMMM, Assis PSO, Faria VC, Lima LM. Produção de documentário para o ensino da coleta de sangue venoso. Ciênc Nat. [Internet]. 2015 [citado em 08 jan 2020]; 37(3):684-92. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/cienciaenatura/article/view/19041/pdf

Vieira MNCM, Panúncio-Pinto MP. A metodologia da problematização (MP) como estratégia de integração ensino-serviço em cursos de graduação na área da saúde. Medicina (Ribeirao Preto) [Internet]. 2015 [citado em 08 jan 2020]; 48(3):241-48. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/104310/102957

Carvalho ACO, Soares JR, Maia ER, Machado MFAS, Lopes MSV, Sampaio KJAJ. O planejar docente: relato sobre uso de métodos ativos no ensino de enfermagem. Rev Enferm UFPE on line [Internet]. 2016 [citado em 08 jan 2020]; 10(4):1332-1338. Disponível em: https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistaenfermagem/article/view/11121/12603

Rosa RS, Sanches GJC, Gomes ICR, Silva MLM, Duarte ACS, Boery RNSO. Estratégias baseadas em metodologias ativas no ensino-aprendizagem de primeiros socorros: relato de experiência. Rev Enferm UFPE on line [Internet]. 2017 [citado em 08 jan 2020]; 11(2):798-803. Disponível em: https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistaenfermagem/article/view/12002/14579

Mesquita SKC, Meneses RMV, Ramos DKR. Metodologias ativas de ensino/aprendizagem: dificuldades de docentes de um curso de enfermagem. Trab Educ Saúde [Internet]. 2016 [citado em 08 jan 2020]; 14(2):473-86. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/tes/v14n2/1678-1007-tes-1981-7746-sip00114.pdf

Bernardino AO, Coriolano-Marinus MWL, Santos AHS, Cavalcanti AMTS, Lima LS. Motivação dos estudantes de enfermagem e sua influência no processo de ensino-aprendizagem. Texto & Contexto Enferm. [Internet]. 2018 [citado em 08 jan 2020]; 27(1):e1900016. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/tce/v27n1/0104-0707-tce-27-01-e1900016.pdf.

Francisco AM, Costa MCG, Hamamoto CG, Hafner MLMB. Avaliação da formação de enfermeiros: o reflexo dos métodos de ensino-aprendizagem e pressupostos curriculares na prática profissional. Avaliação [Internet]. 2016 [citado em 08 jan 2020]; 21(2):479-502. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/aval/v21n2/1982-5765-aval-21-02-00479.pdf




DOI: https://doi.org/10.18554/reas.v7i2.3554

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


URL da licença: https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/