ANAIS DO I SEMINÁRIO DE ENVELHECIMENTO ATIVO: ENTRE O APRENDER E O SENESCER

Norma Ferreira da Cunha

Resumo


Para que o envelhecimento seja uma experiência positiva, uma vida mais longa deve ser acompanhada de oportunidades contínuas de saúde, participação e segurança. Segundo a Organização Mundial de Saúde, o Envelhecimento ativo é um processo de otimização das oportunidades de saúde, participação e segurança, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida à medida que as pessoas ficam mais velhas (WHO, 2002 p.12), que se aplica tanto a indivíduos quanto a grupos populacionais. Acredita-se que, assim, as pessoas consigam chegar à velhice ativas e possam manter-se nessas condições ao longo do seu processo de envelhecimento (ILC-BRASIL, 2015).


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18554/reas.v8i1.3580

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


URL da licença: https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/