SOBREVIVENDO AO MOFO: NARRATIVAS DE REDEMOCRATIZAÇÃO EM CAIO FERNANDO ABREU

Juliane Vargas Welter

Resumo


Este trabalho pretende, através da análise dos contos “Os sobreviventes” e “Morangos Mofados”, de Caio Fernando Abreu, articular processo histórico e forma literária. Intenta-se, dessa maneira, refletir sobre as narrativas entendendo-as como um balanço geracional que passa pelo desencanto com a esquerda e também com a contracultura. Para isso, partiremos de discussões acerca do processo histórico específico brasileiro que compreende o regime militar e uma redemocratização com caráter conciliador, assim como analisaremos a posição que os narradores ocupam nas narrativas. Entendemos assim que Caio Fernando Abreu no plano ficcional sintetiza um processo de dubiedade: de desencantamento mas que ainda consegue apontar para um desfecho com alguma positividade.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18554/ri.v8i2.1318

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 ISSN 1981-0601

 Qualis B2 (LINGUíSTICA E LITERATURA/ Quadriênio 2013-2016)