CONCEPÇÕES DE ESCRITA EM PLANOS DE AULA DE ESTAGIÁRIOS DO CURSO DE LETRAS

Emanuelli Poletti, Cristiane Malinoski Pianaro Angelo

Resumo


Neste artigo, discutimos as concepções de linguagem e de escrita que orientam a elaboração de propostas de produção textual escrita presentes em planos de aula de estagiários de um curso de Letras: Português. Os resultados apontam que, embora os documentos oficiais de ensino (BRASIL, 1998) e as pesquisas em Linguística Aplicada (MENEGASSI, 2010) defendam que a linguagem é um meio de interação e que a escrita é um trabalho, os planos analisados refletem as concepções de linguagem como expressão do pensamento e como instrumento de comunicação, as quais dão direções para se abordar a escrita em sala de aula como dom ou consequência.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18554/ri.v5i1.216

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 ISSN 1981-0601

 Qualis B2 (LINGUíSTICA E LITERATURA/ Quadriênio 2013-2016)