LETRAMENTO RACIAL MEDIADO PELA LITERATURA INFANTO-JUVENIL NA EDUCAÇÃO BÁSICA

Eduardo Dias da Silva, Romar Souza-Dias

Resumo


Este artigo, elaborado a partir de pesquisa transdisciplinar qualitativa de modalidade exploratória, traz a perspectiva do letramento racial mediado pela literatura infanto-juvenil no empoderamento das histórias e culturas africana, afro-brasileira e indígena de forma crítico-reflexivo em ambientes escolares da educação básica pública. Professores deparam-se com a falta de instrumentos pedagógicos e práticos no desenvolvimento de estratégias para melhor exercerem a atividades de conscientização das várias identidades étnico-raciais que formam o mosaico cultural do Brasil. Objetivamos responder ao seguinte questionamento: o letramento racial mediado pela Literatura Infanto-juvenil, para aprendentes da educação básica, pode contribuir de que maneira para a implementação do ensino da história e da cultura afro-brasileira, africana e indígena nas escolas públicas? Através desse trabalho, fizemos uma sugestão, dentre vários títulos possíveis, de alguns livros que tratam dessa temática, contudo ressaltamos que esse artigo não se limita às ideias de tarefas, mas se perpetua como caminho para novas reflexões na construção social na qual ninguém tenha que negar ou apagar sua identidade étnico-racial.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18554/ri.v10i2.2424

Apontamentos



 ISSN 1981-0601

 Qualis B2 (LINGUíSTICA E LITERATURA/ Quadriênio 2013-2016)