Mediações e ação educomunicativa:análise do trailer de adaptações de textos literários

Eliana Nagamini

Resumo


Este trabalho discute o trailer de adaptações cinematográficas – inspiradas em obras literárias -, como mediador entre o texto e o leitor/espectador. Trata-se de um dos paratextos (GENETTE, 2009) que compõe o conjunto de práticas discursivas que orientam a leitura do filme, operando uma espécie de “transição” e de “transação”. Ao contextualizar a produção audiovisual propõe um modo de apreensão com enfoque na relação intertextual entre livro e filme, estabelecendo um contrato de comunicação (CHARAUDEAU, 2006) com o receptor. Integrar o estudo do trailer, por meio de ações educomunicativas na escola, permite compreender o poder discursivo da mediação do trailer e, desse modo, criar uma abertura para que a adaptação seja apreendida como texto autônomo (NAGAMINI, 2004). Tomaremos como objeto de estudo o trailer do filme Capitães da Areia (2011), do romance homônimo de Jorge Amado.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18554/ri.v1i0.2909

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 ISSN 1981-0601

 Qualis B2 (LINGUíSTICA E LITERATURA/ Quadriênio 2013-2016)