ANÁLISE ACÚSTICA DA VOGAL /e/ NO ESPANHOL DA FRONTEIRA JAGUARÃO/RIO BRANCO

Adriana Nascimento Bodolay, Viviane Freitas Cunha

Resumo


O presente texto apresenta os resultados da pesquisa cujo objetivo foi o de comparar se falantes nativos do espanhol uruguaio, que tem o português brasileiro como segunda língua, realizam a pronúncia da vogal [ε] em contextos em que não estejam posicionadas antes das consoantes [r] e [X] ou do ditongo [eI]. Foram gravados quatro informantes: três deles têm o espanhol como língua materna e o português como segunda língua e o outro tem o português como língua materna e o espanhol como segunda língua. O principal resultado obtido com este estudo foi o de que, diferentemente do que apontam estudos anteriores, identificamos, através de análise acústica, a realização da vogal [ε] em contextos diferentes daqueles apontados pela literatura.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18554/ri.v5i2.316

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 ISSN 1981-0601

 Qualis B2 (LINGUíSTICA E LITERATURA/ Quadriênio 2013-2016)