DA PERIFERIA PARA O MUNDO: AS VOZES POÉTICAS NA LETRA DIÁRIO DE UM DETENTO

ELAINE CORREIA DE OLIVEIRA

Resumo


O objetivo deste artigo é basicamente analisar a letra da música “Diário de um Detento” do grupo Racionais MC’s, buscando problematizá-la a partir de estudos sobre a literatura de periferia. O trabalho é dividido em duas partes. A primeira, tendo em vista as apresentações do Hip-Hop, o rap no Brasil, o surgimento do grupo Racionais MC’s, vida e obra e as principais temáticas de suas letras. A segunda parte será direcionada especificamente à análise da letra “Diário de um Detento”, abordando os principais estudos da poesia brasileira contemporânea. Nesse sentido, as interpretações serão conduzidas considerando-se as múltiplas vozes com o objetivo de levantar hipóteses para uma leitura que vá além dos olhares estereotipados dos temas da violência, da pobreza, bem como as abordagens antropológicas, sociológicas e históricas. Desse modo, o que se pretende é identificar os aspectos artísticos e literários presentes na canção.

Texto completo:

p.116-131


DOI: https://doi.org/10.18554/ri.v11i2.3420

Apontamentos

  • Não há apontamentos.