PRÁTICA PEDAGÓGICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL: O APRENDIZADO DAS PRIMEIRAS LETRAS

Guilherme Saramago de Oliveira, Márcia Regina Gonçalves Cardoso

Resumo


RESUMO: O presente texto relata algumas das análises e reflexões decorrentes de um estudo sobre o desenvolvimento da linguagem na Educação Infantil. Esse estudo teve como objetivos investigar os processos de como ocorre o ensino do prenome em turmas de crianças de dois anos de idade visando compreender os processos pedagógicos desenvolvidos pelas educadoras e os resultados decorrentes. O estudo buscou dar respostas a duas questões básicas. A primeira, como é feita a introdução ao ensino do prenome na educação infantil da rede municipal de ensino e a segunda, quais as ideações das crianças relacionadas a esses saberes. Para responder a estas questões e alcançar os objetivos propostos, foram estudados três grupos de colaboradores, sendo cada um deles constituído por uma professora e quinze alunos. Para coleta de dados foram utilizadas entrevista junto ao serviço de supervisão pedagógica da rede municipal e a observação direta do trabalho educativo realizado. Os fundamentos teóricos desta pesquisa se basearam nas mais influentes teorias sobre o desenvolvimento infantil: a psicanalítica, a de aprendizagem, a cognitiva, a contextual e a evolutiva sociológica. Os resultados do estudo indicaram que dentre outros aspectos, o lúdico, a alegria e a qualidade da interação professor-alunos parecem influenciar decisivamente o aprendizado infantil.

 

PALAVRAS-CHAVE: Educação Infantil; Prática Pedagógica; Desenvolvimento da Linguagem.

 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18554/ri.v6i1.617

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 ISSN 1981-0601

 Qualis B2 (LINGUíSTICA E LITERATURA/ Quadriênio 2013-2016)