ANTERO DE QUENTAL, UM JOVEM POETA-LEITOR DE EDGAR ALLAN POE E CHARLES BAUDELAIRE

Marcelo Pacheco Soares

Resumo


Este artigo, ao analisar os poemas do autor português Antero de Quental escritos
no início de sua carreira literária, investiga a clara influência neles exercida pela poesia do
francês Charles Baudelaire e, especialmente, pela literatura do americano Edgar Allan Poe,
cuja obra, antes de entusiasmar Antero, teve papel  importante na formação intelectual do
próprio Baudelaire.

PALAVRAS-CHAVE: Antero de Quental; Edgar Allan Poe; Charles Baudelaire; morte; “O
corvo”.



Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18554/ri.v2i02.92

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 ISSN 1981-0601

 Qualis B2 (LINGUíSTICA E LITERATURA/ Quadriênio 2013-2016)