Avaliação do rendimento de hidrodestilação para a produção de óleo essencial das cascas de Citrus sinensis (L.) Osbeck

Fúlvia Bezerra de Lima, Janaina Placedes, Cássia Regina Cardoso

Resumo


Resíduos da laranja são originados, em sua maior parte, da produção de suco de laranja. Esses materiais vegetais podem ocasionar problemas ambientais e econômicos, devido ao processo de fermentação, ocasionado pela alta quantidade de água que possuem. Dentre as possíveis alternativas de aproveitamento dos resíduos da laranja está a obtenção de óleos essenciais. O presente trabalho objetivou analisar o rendimento do óleo essencial da casca de laranja através da hidrodestilação, variando a quantidade de água (solvente) e o tempo de extração. Os ensaios foram conduzidos baseados em um planejamento fatorial de dois níveis. Utilizou-se casca de laranja do tipo Pera, uma das mais produzidas no Brasil. Através do planejamento fatorial realizado no software Statistica, verificou-se que apenas a variável tempo foi determinante para o cálculo do rendimento. Assim, obteve-se uma equação preditiva para a estimativa de rendimento no período estudado. Experimentalmente, verificou-se que o rendimento mais alto foi obtido com a maior quantidade de solvente (400 mL) e maior tempo de extração (40 min); sendo este de aproximadamente 2,36% de óleo essencial.  A densidade do óleo essencial foi determinada; ρ=0,8356 g/mL; valor próximo aos encontrados na literatura.

Palavras-chave


Cascas de laranja; Planejamento fatorial; Extração de óleo.

Texto completo:

PDF

Referências


ALEXANDRINO, A.M. et al. Aproveitamento do resíduo de laranja para a produção de enzimas lignocelulolíticas por Pleurotus ostreatus (Jack:Fr). Ciência e Tecnologia de Alimentos, v. 27, n. 2, p. 364-368, 2007.

CALADO, V.; MONTGOMERY, D. Planejamento de Experimentos usando o Statistica. 1 ed. Rio de Janeiro: E-papers Serviços Editoriais, 2003.

ENGINEERING IASTATE. Essential Oils from Steam Distillation. Disponível em: http://www.engineering.iastate.edu/brl/files/2011/10/brl_essentialoils.pdf. Acesso em: 10 maio 2019.

FACULDADE DE CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS – UNESP. Propriedades gerais das proteínas. Disponível em: http://www.fcfar.unesp.br/alimentos/bioquimica/praticas_proteinas/precipitacao_proteinas.htm>. Acesso em: 11 maio 2019.

HILDEBRAND ALIMENTOS. Óleos Essenciais. Disponível em: http://www.hildebrand.com.br/oleos%20essenciais.php. Acesso em: 04 abril 2018.

KOKETSU, M.; GONÇALVES, S. L. Óleos essenciais e sua extração por arraste a vapor. Rio de Janeiro: EMBRAPA-CTAA, 1991.

LEÃO, M. Análise do óleo essencial da laranja doce Citrus sinensis (L.) Osbeck obetido das cascas secas e frescas através do método de extração por hidrodestilação. TCC (Graduação em Farmácia) - Universidade de Santa Cruz do Sul, Santa Cruz do Sul, 2015.

LOPES, J. F. D. Cultivo e processamento de plantas aromáticas. Dissertação. (Mestrado em Tecnologia e Segurança Alimentar) - Faculdade de Ciências e Tecnologia Universidade Nova de Lisboa, Lisboa, 2014.

REZZADORI, K.; BENEDETTI, S. Proposições para valorização de resíduos do processamento do Suco de Laranja. In: International Workshop advances in cleaner production. Florianópolis, 2009.

SERAGLIO, J. et al. Extração de óleo essencial da casca da canela sassafrás. In: XX Congresso Brasileiro de Engenharia Química. Florianópolis, 2014.

SIGMA – ALDRICH. Disponível em: https://www.sigmaaldrich.com/catalog/product/sigma/183164?lang=pt&region=BR. Acesso em: 19 abril. 2019.




DOI: https://doi.org/10.18554/rbcti.v4i3.3728

Apontamentos

  • Não há apontamentos.