HANSENÍASE EM MENORES DE 15 ANOS: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

Fabiana Drumond Marinho, Susilene Maria Tonelli Nardi, Gilma Corrêa Coutinho, Mariana Midori Simi

Resumo


Este estudo tem como objetivo identificar e analisar a produção científica nacional acerca da hanseníase em menores de 15 anos, no período de 2004 a 2014. Realizou-se pesquisa bibliográfica por meio de busca online, na Biblioteca Virtual em Saúde e nas bases de dados LILACS, Scielo, Pubmed, empregando-se os descritores: hanseníase; criança; adolescente. Em um total de 17 estudos encontrados, 11 deles utilizaram abordagem quantitativa. Os médicos e a região Sudeste foram os que mais desenvolveram pesquisas sobre o tema. A média de
publicação de 2004 a 2014 foi de um a dois artigos por ano. Embora 16 artigos tenham apresentado clareza em seus objetivos, observou-se em 10 estudos, carência de informações em seus resumos. Há escassez de publicações nacionais sobre a problemática da hanseníase em menores de 15 anos, conclui-se, portanto, que existe a necessidade de expandir no Brasil pesquisas sobre essa temática.
Descritores: Hanseníase; Criança; Adolescente.

The goal of this study was to identify and analyze Brazilian scientific productions about leprosy in under 15-year-old children between 2004 and 2014. Publications were identified
through a search of the Virtual Health Library and LILACS, SciELO, PubMed electronic databases, using the descriptors: leprosy, child and  eenager. Seventeen studies were found
with eleven of them used a quantitative approach. The most developed research on the topic was by physicians and in the southeastern region. The average publication 2004 to 2014 for one to two articles per year. Although the study objectives were clearly presented in 16 articles, information was missing in ten abstracts. There are very few Brazilian publications
on leprosy in under 15-year-old children, and so we conclude that there is a need to expand research in Brazil on this theme.
Descriptors: Leprosy; Child; Adolescent.

El objetivo de este estudio es identificar y analizar la producción científica brasileña sobre lepra en menores de 15 años, del 2004 al 2014, se realizó una investigación online, en la Biblioteca Virtual en Salud y en las bases de datos LILACS, Scielo, Pubmed, empleando los descriptores: lepra; niños; adolescente. Se encontraron 17 estudios, 11 de ellos utilizaron un enfoque cuantitativo. Los médicos y la región Sudeste resultaron los que más investigaron sobre el tema. La publicación promedio de 2004 a 2014 durante uno o dos artículos por año.16 estudios presentaron claridad en sus objetivos, se observó que a 10, les faltaban informaciones en sus resúmenes. Nacionalmente se carece de publicaciones sobre este tema.Por lo que se concluye que existe en Brasil la necesidad de ampliar la investigación en esta temática.
Descriptores: Lepra; Niño; Adolescente.


Referências





DOI: https://doi.org/10.18554/refacs.v3i2.1087

Apontamentos

  • Não há apontamentos.