METODOLOGIAS ATIVAS DE APRENDIZAGEM: POTENCIAL DOS GRUPOS REFLEXIVOS DA PRÁTICA NA FORMAÇÃO DE TERAPEUTAS OCUPACIONAIS

Paula Tatiana Cardoso, Daniel Marinho Cezar da Cruz, Patrícia Carla de Souza Della Barba

Resumo


Este estudo teve por objetivo descrever e discutir a vivência curricular com “Grupos Reflexivos da Prática”na formação, a partir da perspectiva de docentes e alunos de um curso de graduação em TerapiaOcupacional. Esta é uma pesquisa qualitativa, realizada com 26 alunos e dois docentes numa universidadepública, em 2011. A análise temática categorial possibilitou três categorias: o Grupo Reflexivo como espaçode aprendizagem: construção coletiva e desenvolvimento profissional, O processo de aprender a aprendere, O papel do facilitador e o sentido do “Grupo de Reflexão da Prática. Verificou-se que a atividade educativaem questão indica potencial positivo da estratégia metodológica utilizada com pequenos grupos paradiscussão da prática. O grupo apresentou-se como um espaço dinâmico e significativo, em que impressões,vivências, dúvidas e angústias referentes à prática puderam ser relatadas, refletidas, discutidas ecompartilhadas entre os alunos e docentes, com os fundamentos teóricos pertinentes aos temas.

Descritores: Educação; Terapia ocupacional; Aprendizagem baseada em problemas.


Referências





DOI: https://doi.org/10.18554/refacs.v3i3.1096

Apontamentos

  • Não há apontamentos.