Atividade Física, Álcool e Tabaco entre Idosos

Álvaro da Silva Santos, Dayane Aparecida Viana, Mariana Campos de Souza, Joilson Meneguci, Rodrigo Eurípedes da Silveira, Carla Maria Silvano, Leiner Resende Rodrigues, Renata Damião

Resumo


O objetivo deste estudo é associar hábitos de vida (atividade física, etilismo e tabagismo) com dados sociodemográficos de idosos em três municípios de Minas Gerais. Trata-se de um estudo transversal, realizado nas unidades de Saúde da Família. Os dados foram apresentados por meio de frequências relativas e do teste qui-quadrado (p≤0,05). Foram entrevistados 611 idosos, destes 47,6% praticam atividade física, 12,3% consomem álcool e 23,1% usam tabaco. Houve significância estatística entre as variáveis atividade física e sexo (p=0,0001); atividade física e situação conjugal (p=0,009); álcool e sexo (p=0,0001); tabaco e sexo (p=0,015); tabaco e situação conjugal (p=0,019); e tabaco e habitação (p=0,014). Ações de educação em saúde e capacitação dos profissionais se fazem necessárias, a fim de se efetivar a cessação de álcool e tabaco e a ampliação da prática de atividade física em idosos. 

Palavras-chave


Atividade motora, Alcoolismo, Tabaco, Idoso.

Texto completo:

PDF

Referências





DOI: https://doi.org/10.18554/refacs.v2i1.1142

Apontamentos

  • Não há apontamentos.