Perfil epidemiológico do Acinetobacter baumannii resistente a carbapenens num hospital do interior mineiro

Giani del Ciello, Marcelo Costa Araújo

Resumo


O objetivo desse estudo foi analisar a prevalência de Acinetobacter baumannii resistente a carbapenens nas amostras biológicas e nos setores do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro. A coleta de dados foi realizada através da análise dos resultados dos exames de cultura presentes nos arquivos do setor de microbiologia do Serviço de Patologia Clínica no período de 2008 a 2014. Dentre as 420 amostras de Acinetobacter baumannii resistentes a carbapenens, as maiores prevalências foram encontradas nos setores de: Pronto Socorro Adulto (26,4%) e Centro de Terapia Intensiva Adulto (22,8%). A prevalência de Acinetobacter baumannii resistente a carbapenem foi maior nas amostras de secreções de ferida (25%), seguidas por amostras do trato respiratório inferior (21,4%). O conhecimento da prevalência do Acinetobacter baumannii resistente a carbapenens é de fundamental importância para que medidas de prevenção e controle das infecções hospitalares sejam implantadas.

Descritores: Acinetobacter baumannii; Carbapenêmicos, Resistência a medicamentos.


Referências





DOI: https://doi.org/10.18554/refacs.v4i3.1772

Apontamentos

  • Não há apontamentos.