Incidência de neoplasias malignas orais nas regiões brasileiras

Julliana Cariry Palhano Freire, Marina Tavares Costa Nóbrega, Stéphanie Cariry Palhano Freire, Eduardo Dias Ribeiro

Resumo


O câncer bucal se encontra entre os 10 tipos mais frequentes de tumor maligno no Brasil e é considerado um problema de saúde pública. Esta pesquisa objetivou analisar a taxa de incidência das neoplasias malignas de lábio e cavidade oral nas regiões brasileiras, segundo o sexo, no período 2006 a 2013. Utilizou-se procedimento comparativo e estatístico, pela técnica de documentação indireta. Os dados foram obtidos através dos indicadores de morbidade do DATASUS e analisados pela estatística descritiva. As regiões Sudeste e Sul apresentaram maiores valores de incidência desse tipo de neoplasia, sendo o Norte a região com os menores valores encontrados. O sexo masculino demonstrou ter mais incidência nos anos considerados.  A taxa de incidência varia entre as regiões do país, assim como entre os sexos. Medidas preventivas devem ser tomadas para combater o aumento do câncer de boca. 


Palavras-chave


Neoplasias bucais; Saúde Pública; Incidência



DOI: https://doi.org/10.18554/refacs.v5i0.1993

Apontamentos

  • Não há apontamentos.