Prevalência e fatores associados à hipertensão em idosos de um serviço de atenção primária

Gerson Souza Santos, Isabel Cristina Kowal Olm Cunha

Resumo


A hipertensão arterial sistêmica é uma doença altamente prevalente em indivíduos idosos, tornando-se um fator determinante na morbidade e mortalidade elevadas dessa população. O objetivo deste estudo é analisar as características epidemiológicas da hipertensão arterial sistêmica (HAS) e os fatores associados na população idosa acompanhada por uma Unidade Básica de Saúde da zona Sul da cidade de São Paulo. Trata-se de um estudo transversal realizado por meio de inquérito domiciliar com 340 idosos. Os idosos que participaram deste estudo eram sua maioria mulheres (62%), na faixa etária de 60 a 69 anos A prevalência da hipertensão foi de 74,7%. Os fatores associados à hipertensão foram: sexo masculino (p-valor 0,0133) e raça negra (p-valor 0,0365). A HAS apresentou alta prevalência nos idosos investigados, sendo maior em determinados subgrupos: homens, baixa escolaridade e raça negra. O aumento da população idosa, evidencia maior número de problemas crônicos, entre elas a hipertensão arterial.

Palavras-chave


Hipertensão; idoso; Doença crônica; Epidemiologia

Referências


Cruz DT, Ribeiro LC, Vieira MT, Teixeira MTB, Bastos RR, Leite ICB. Prevalência de quedas e fatores associados em idosos. Rev Saúde Pública. [Internet]. 2012 [citado em: 20 abr 2017]; 46(1):138-46. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rsp/v46n1/3070.pdf http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102011005000087

Ayama S, Feriancic MM. Fundamentos de gerontologia. In: Mendes TAC, Waksman RD, Farah OGD. Manuais de especialização: geriatria e gerontologia. São Paulo: Manole; 2014.

Veras RP. Prevenção de doenças em idosos: os equívocos dos atuais modelos. Cad Saúde Pública. [Internet]. 2012[citado em: 20 abr 2017]; 28(10):1834-40. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csp/v28n10/03.pdf

Santos MV, Oliveira DC, Arraes LB, Oliveira DA, Medeiros L, Novaes MA. Adesão ao tratamento anti-hipertensivo: conceitos, aferição e estratégias inovadoras de abordagem. Rev Bras Clin Med. [Internet]. 2013 [citado em: 20 abr 2017]; 11(1):55-61. Disponível em: http://files.bvs.br/upload/S/1679-1010/2013/v11n1/a3390.pdf

Freitas JGA, Nielson SEO, Porto CC. Adesão ao tratamento farmacológico em idosos hipertensos: uma revisão integrativa da literatura. Rev Soc Bras Clin Med. [Internet] 2015 [citado em: 30 abr 2017]; 13(1):75-84. Disponível em: http://files.bvs.br/upload/S/1679-1010/2015/v13n1/a4782.pdf

Santos JC, Florêncio RS, Oliveira CJ, Moreira TMM. Adesão do idoso para o tratamento da hipertensão arterial e intervenções de enfermagem. Rev RENE. [Internet]. 2012[citado em: 05 maio 2017]; 13(2):343-53. Disponível em: http://www.periodicos.ufc.br/rene/article/view/3924/3114

Santos GS, Cunha ICKO. Avaliação da capacidade funcional de idosos para o desempenho das atividades instrumentais da vida diária: um estudo na atenção básica à saúde. Rev Enferm Cent-Oeste Min. [Internet]. 2013 [citado em: 20 fev 2017]; 3(3):820-8. Disponível em: http://www.seer.ufsj.edu.br/index.php/recom/article/view/421/528

Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados. Cidade de São Paulo registra rápido envelhecimento e reduz o ritmo de crescimento da população [Internet]. São Paulo: SEADE; 2015 [citado em 20 jan 2017]. Disponível em: http://www.seade.gov.br/cidade-de-sao-paulo-registra-rapido-envelhecimento-e-reduz-o-ritmo-de-crescimento-da-populacao

Johnston B, Reuben DB. Avaliação geriátrica. In: Williams BA, Chang A, Ahalt C, organizadores. Atualização, diagnóstico e tratamento em geriatria. Porto Alegre: Artmed; 2015. p. 24-28.

Mendes GS, Moraes CF, Gomes L. Prevalência de hipertensão arterial sistêmica em idosos no Brasil entre 2006 e 2010. Rev Bras Med Fam Comunidade. [Internet]. 2014 [Citado em: 10 mar 2017]; 9(32):273-8. Disponível em: https://rbmfc.org.br/rbmfc/article/view/795/641. DOI: 10.5712/rbmfc9(32)795

Pimenta FB, Pinho L, Silveira MF, Botelho ACC. Fatores associados a doenças crônicas em idosos atendidos pela Estratégia de Saúde da Família. Ciênc Saúde Coletiva. [Internet]. 2015 [citado em: 5 abr 2017]; 20(8):2489-98. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csc/v20n8/1413-8123-csc-20-08-2489.pdf DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1413-81232015208.11742014

Allen M, Kelly K, Fleming I. Hypertension in elderly patients recommended systolic targets are not evidence based. Can Fam Physician. [Internet] 2013 [Acesso em: 15 jun 2017]; 59(1):19-21. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3555642/pdf/0590019.pdf

Olives C, Myerson R, Mokdad AH, Murray CJL, Lim SS. Prevalence, awareness, treatment, and control of hypertension in United States countries, 2001-2009. PloS ONE [Internet] 2013 [acesso em: 10 abr 2017]; 8(4):1-8. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3618269/pdf/pone.0060308.pdf

Orsi E, Xavier AJ, Ramos LR. Trabalho, suporte social e lazer protegem idosos da perda funcional: estudo epidoso. Rev Saúde Pública. [Internet] 2011[acesso em: 10 abr 2017]; 45(4);685-92. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rsp/v45n4/2626.pdf. Doi: http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102011000400007

Nunes TM, Martins AM, Manoel Al, Trevisol DJ, Schuelter-Trevisol F, Cavalcante RASQ et al. Hypertension in Elderly Individuals from a City of Santa Catarina: A Population-Based Study. Int J CardiovascSci. [Internet] 2015 [acesso em: 10 fev 2017]; 8(5):370-6. Disponível em: http://www.onlineijcs.org/sumario/28/pdf/en_v28n5a05.pdf. DOI: 10.5935/2359-4802.20150055

VI Diretrizes Brasileira de Hipertensão. Arq Bras Cardiol. [Internet] 2010 [acesso em: 10 mar 2017]; 95(1 Supl1):1-64. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/abc/v95n1s1/v95n1s1.pdf. http://dx.doi.org/10.1590/S0066-782X2010001700001

Santos MIPO, Griep RH. Capacidade funcional de idosos atendidos em um programa do SUS em Belém (PA). Ciênc Saúde Coletiva. [Internet] 2013 [acesso em: 5 fev 2017]; 18(3):753-61. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csc/v18n3/21.pdf. Doi: http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232013000300021

Bento JA, Lebrão ML. Suficiência de renda percebida por pessoas idosas no Município de São Paulo/Brasil. Ciênc Saúde Coletiva. [internet] 2013 [acesso em: 15 abr 2017]; 18(8):2229-38. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csc/v18n8/07.pdf http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232013000800007

Pagotto V, Silveira EA, Velasco WD. Perfil das hospitalizações e fatores associados em idosos usuários do SUS. Ciênc Saúde Coletiva. [internet] 2013 [acesso em: 10 jun 2017]; 18(10):3061-70. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csc/v18n10/v18n10a31.pdf. http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232013001000031

Santos SSC. Concepções teórico-filosófica sobre envelhecimento, velhice, idoso e enfermagem geronto-geriátrica. Rev Bras Enferm. [Internet] 2010 [acesso em: 10 jul 2017]; 63(6):1035-9. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reben/v63n6/25.pdf. http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71672010000600025

Trapé AA, Lizzi EASS, Jacomini AM, Bueno JCR, Zago AS. Aptidão física e nível habitual de atividade física associados à saúde cardiovascular de adultos e idosos. RevBrasMed Esporte. [Internet] 2015 [acesso em: 10 jul 2017]; 48(5):457-66. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/112592/110493 DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.2176-7262.v48i5p457-466

Zaitune MPA, Barros MBA, Lima MG, César CLG, Carandina L, Goldbaum M, et al. Fatores associados ao tabagismo em idosos: inquérito de saúde no estado de São Paulo (ISA-SP). Cad Saúde Pública. [Internet] 2012 [acesso em: 5 jul. 2017]; 28(3):583-95. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csp/v28n3/18.pdf http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2012000300018

Lucio A, Bezerra MJC, Sousa SA, Miranda MLJ. Características da capacidade funcional e sua relação com o IMC em idosas ingressantes em um programa de educação física. RevBrasCiênc Mov. [Internet] 2011[acesso em: 20 jul 2017]; 19(2):13-8. Disponível em: https://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/2415/1894

Hajjar I, Lackland D, Cupples LA, Lipsitz LA. The association between concurrent and remote blood pressure and disability in older adults. Hypertension. [Internet] 2007 [acesso em: 20 fev 2017]; 50(6):1026-32. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2424316/pdf/nihms43061.pdf

Alves LC, Leimann BCQ, Vasconcelos MEL, Carvalho MS, Vasconcelos AGG, Fonseca TCO, et al. A influência das doenças crônicas na capacidade funcional dos idosos do Município de São Paulo, Brasil. Cad Saúde Pública. [Internet] 2007 [acesso em: 10 abr 2017]; 23(8):1924-30. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csp/v23n8/19.pdf. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2007000800019

Carvalho MFC, Lieber NSR, Mendes GB, Secoli SR, Ribeiro E, Lebrão ML, et al. Polifarmácia entre idosos do Município de São Paulo - Estudo SABE. Rev Bras Epidemiol. [Internet] 2012 [acesso em: 20 jul 2017]; 15(4):817-27. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbepid/v15n4/13.pdf http://dx.doi.org/10.1590/S1415-790X2012000400013

Cuentro VS, Modesto T, Andrade MA, Silva MVS. Prevalência e fatores associados à polifarmácia entre idosos de um hospital público. Rev Contexto Saúde. [Internet] 2016 [acesso em: 10 fev 2017]; 16(30):28-35. Disponível em: https://www.revistas.unijui.edu.br/index.php/contextoesaude/article/view/4448/4981. DOI: http://dx.doi.org/10.21527/2176-7114.2016.30.28-35

Sales AS, Sales MGS, Casotti CA. Perfil farmacoterapêutico e fatores associados à polifarmácia entre idosos de Aiquara, Bahia, em 2014. EpidemiolServ Saúde. [Internet]. 2017 [acesso em: 14 fev 2017]; 26(1): 121-32. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2237-96222017000100121&lng=pt. Doi: http://dx.doi.org/10.5123/s1679-49742017000100013

Rozenfeld S, Fonseca MJM, Acurcio FA. Drug utilization and polypharmacy among the elderly: a survey in Rio de Janeiro City, Brazil. Rev. Panam. Salud Pública. [Internet]. 2008 [acesso em: 22 jul 2017]; 23:34-43. Disponível em: https://scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1020-49892008000100005&lng=en&nrm=iso&tlng=en.http://dx.doi.org/10.1590/S1020-49892008000100005




DOI: https://doi.org/10.18554/refacs.v6i0.2898

Apontamentos

  • Não há apontamentos.