Programa saúde na escola: possibilidades e desafios na perspectiva da residência multiprofissional em saúde

Danielle Ferreira Mazetto, Aline Guarato da Cunha Bragato, Fabiana Silva Alves Corrêa, Luana Rodrigues de Oliveira Tosta, Renata Gonçalves, Beatriz Cardoso Lobato

Resumo


Trata-se de um relato de experiência com objetivo de descrever uma intervenção com adolescentes em uma escola pública vinculada ao Programa Saúde na Escola, na perspectiva de prevenção e promoção da saúde. Por intermédio da Residência Multiprofissional em uma Unidade Matricial de Saúde, do município de Uberaba, realizaram-se encontros semanais com duas turmas de adolescentes do nono ano, no período de maio de 2017a dezembro de 2017. Foram utilizados recursos didáticos e lúdicos, explorando os espaços da instituição de ensino. Ao longo do processo, foram evidenciados desafios enfrentados pela equipe de residentes. Contudo, a experiência contribuiu para a formação das residentes na proposta de uma atuação integrada, interdisciplinar e intersetorial, em consonância com as prerrogativas do SUS.


Palavras-chave


Serviços de saúde escolar; Promoção da saúde; Adolescente

Referências


Silva CS, Bodstein RCA. Referencial teórico sobre práticas intersetoriais em promoção da saúde na escola. Ciênc Saúde Colet. [Internet]. 2016 [citado em 03 out 2017]; 21(6):1777-88. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csc/v21n6/1413-8123-csc-21-06-1777.pdf

Melo ACV, Barros JPP. Práticas de saúde na escola: um estudo cartográfico na cidade de Parnaíba-PI. Pesqui Prát Psicossociais [Internet]. 2016 [citado em 03 out 2017]; 11(2):341-55. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/pdf/ppp/v11n2/06.pdf

Miclos PV, Calvo MCM, Colussi CF. Avaliação do desempenho da atenção primária em saúde através da análise envoltória de dados. Rev Eletrônica Gest Saúde [Internet]. 2015 [citado em 03 out 2017]; 6(2):1749-63. Disponível em: http://periodicos.unb.br/index.php/rgs/article/view/3009/2705

Pinto JEP, Cavalcante JLM, Sousa RA, Morais APP, Silva MGC. Análise da produção científica sobre avaliação, no contexto da saúde da família, em periódicos brasileiros. Saúde Debate [Internet]. 2015 [citado em 03 out 2017]; 39(104):268-78. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/sdeb/v39n104/0103-1104-sdeb-39-104-00268.pdf

Ministério da Saúde (Br). Departamento de Atenção Básica. Passo a passo PSE: Programa Saúde na Escola: tecendo caminhos da intersetorialidade [Internet]. Brasília, DF: Ministério da Saúde; 2011 [citado em 03 out 2017]. 46 p. (Série C. Projetos, programas e relatórios). Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/passo_a_passo_programa_saude_escola.pdf

Ministério da Saúde (Br). Departamento de Atenção Básica. Saúde na escola [Internet]. Brasília, DF: Ministério da Saúde; 2009 [citado em 03 out 2017]. 96 p. (Cadernos de Atenção Básica; n. 24). Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/cadernos_atencao_basica_24.pdf

Azevedo IC, Vale LD, Araújo MG, Cassiano NA, Silva HS, Cavalcante RD. Compartilhando saberes através da educação em saúde na escola: interfaces do estágio supervisionado em enfermagem. Rev Enferm Cent-Oeste Min. [Internet]. 2014 [citado em 03 out 2017]; 4(1):1048-56. Disponível em: http://www.seer.ufsj.edu.br/index.php/recom/article/view/565

Machado MFAS, Gubert FA, Meyer APGFV, Sampaio YPCC, Dias MSA, Almeida AMB, et al. Programa saúde na escola: estratégia promotora de saúde na atenção básica no Brasil. Rev Bras Crescimento Desenvolv Hum. [Internet]. 2015 [citado em 03 out 2017]; 25(3):307-12. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/pdf/rbcdh/v25n3/pt_09.pdf

Donato LMTM, Moraes SHM, Nunes CB, Gerk MAS. A interação entre ESF e Escola na Saúde do Adolescente. Cad ABEM [Internet]. 2012[citado em 03 out 2017]; (8):13-8. Disponível em: https://core.ac.uk/download/pdf/48121194.pdf

Silva KL, Sena RR, Gandra C, Matos JAV, Coura KRA. Promoção da saúde no Programa Saúde na Escola e a inserção da enfermagem. REME, Rev Min Enferm. [Internet]. 2014 [citado em 03 out 2017]; 18(3): 614-22. Disponível em: http://www.reme.org.br/artigo/detalhes/950

Moraes JCD, Paes IADC. Percepções de uma equipe multiprofissional atuante no Programa Saúde na Escola. Rev Cient FHO-UNIARARAS. [Internet]. 2016 [citado em 03 out 2017]; 4(1):1-9. Disponível em: http://www.uniararas.br/revistacientifica/_documentos/art.001-2016.pdf

Santiago LM, Rodrigues MTP, Oliveira Junior AD, Moreira TMM. Implantação do Programa Saúde na Escola em Fortaleza-CE: atuação de equipe da Estratégia Saúde da Família. Rev Bras Enferm. [Internet]. 2012 [citado em 03 out 2017]; 65(6):1026-9. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reben/v65n6/a20v65n6.pdf

Ramos CI, Langoni CS, Morés FB, Hermel JS, Drehmer LBR, Peretto M, et al. A promoção da saúde na “terra do nunca”. Rev Bras Promoç Saúde [Internet]. 2013 [citado em 03 out 2017]; 26(3):436-41. Disponível em: http://periodicos.unifor.br/RBPS/article/view/2953/pdf

Marinho JCB, Silva JA. Concepções e implicações da aprendizagem no campo da educação em saúde. Ens Pesqui Educ Ciênc. [Internet]. 2015[citado em 03 out 2017]; 17(2):351-71. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/epec/v17n2/1983-2117-epec-17-02-00351.pdf




DOI: https://doi.org/10.18554/refacs.v7i2.3316

Apontamentos

  • Não há apontamentos.