Estratégias de coping de psicólogas em um CAPS não governamental

Ana Carolina Canassa Marques, Sabrina Martins Barroso

Resumo


Este estudo tem como objetivo identificar indícios de sobrecarga de trabalho e práticas de coping adotadas por psicólogas de um CAPS não-governamental do interior de Minas Gerais. Os dados foram coletados no primeiro semestre de 2017, por meio de entrevista semiestruturada e analisados pela análise de conteúdo temática. Participaram oito psicólogas. Dois eixos temáticos foram construídos: “Relação saúde-trabalho-doença” e “Estratégias de coping”. Observou-se que as profissionais reconheciam o desgaste gerado pelo trabalho, sentindo de forma mais intensa o desgaste mental, mas possuíam estratégias para lidar com as demandas laborais. Conclui-se que apesar de utilizar estratégias focadas no problema e na emoção, as focalizadas no problema foram melhor percebidas pelas psicólogas.


Palavras-chave


Adaptação psicológica; Saúde do trabalhador; Saúde mental

Referências


Arantes IS. Avaliação da satisfação profissional dos servidores em saúde mental. [dissertação]. Goiânia: Pontifícia Universidade Católica de Goiás; 2012. 78p.

Minozzo F, Costa II. Apoio matricial em saúde mental entre CAPS e saúde da família: trilhando caminhos possíveis. Psico USF [Internet]. 2013 [citado em 10 out 2018]; 18(1):151-60. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/pusf/v18n1/v18n1a16.pdf

Barroso SM, Silva MA. Reforma psiquiátrica brasileira: o caminho da desinstitucionalização pelo olhar da historiografia. Rev SPAGESP [Internet]. 2011 [citado em 22 out 2018]; 12(1):66-78. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/pdf/rspagesp/v12n1/v12n1a08.pdf

Silva MA, Lampert SS, Bandeira DR, Bosa CA, Barroso SM. Saúde emocional de agentes comunitários: burnout, estresse, bem-estar e qualidade de vida. Rev SPAGESP [Internet]. 2017 [citado em 20 out 2018]; 18(1):20-33. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/pdf/rspagesp/v18n1/v18n1a03.pdf

Moura GA, Roncalli AG. Impacto do trabalho em profissionais de serviços de saúde mental em um município do nordeste brasileiro. Psic Ciênc Prof. [Internet]. 2016 [citado em 02 out 2018]; 36(2):401-10. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/pcp/v36n2/1982-3703-pcp-36-2-0401.pdf DOI: 10.1590/1982-3703000342014

Lapischies SRC, Jardim VMR, Kantorski LP. Factors associated with satisfaction at work in Psychosocial Care Centers. Rev Latinoam Enferm. [Internet]. 2014 [acesso em 01 out 2018]; 22(6):950-8. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rlae/v22n6/0104-1169-rlae-3474-2500.pdf

Macedo JQ, Lima HP, Alves MDS, Luis MAV, Braga, VAB. Practices in mental health services: interface with professionals’ satisfaction. Texto & Contexto Enferm. [Internet]; 2013 [citado em 01 out 2018]; 22(4):999-1006. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/tce/v22n4/en_16.pdf DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-07072013000400016

Muhl C, Holanda AF. “Duas faces da mesma moeda”: vivência dos psicólogos que atuam na rede de atenção psicossocial. Rev Abordagem Gestál. [Internet]. 2016 [citado em 02 out 2018]; 32(1):59-67. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/pdf/rag/v22n1/v22n1a08.pdf

Souza IAS, Pereira MO, Oliveira MAF, Pinho PH, Gonçalves RMDA. Processo de trabalho e seu impacto nos profissionais de enfermagem em serviços de saúde mental. Acta Paul Enferm. [Internet]. 2015 [citado em 01 out 2018]; 28(5):447-53. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ape/v28n5/1982-0194-ape-28-05-0447.pdf DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1982-0194201500075

Dejours C. A loucura do trabalho: estudo de psicopatologia do trabalho. 5ed. São Paulo: Cortez; 1992. 158p.

Medeiros MAV, Nunes MLT, Melo FFM. Saúde mental de psicólogos trabalhadores na saúde pública: um estudo a partir de Dejours e Freud. In: VIII Seminário do Trabalho: trabalho e políticas sociais no século XXI [Internet]; 2012; Marília. Marília (SP): UNESP; 2012 [citado em 02 out 2018]. p.1-16. Disponível em: http://www.estudosdotrabalho.org/texto/gt6/saude_mental.pdf

Menezes PCM, Alves ESRC, Araújo Neto SA, Davim RMB, Guaré RO. Síndrome de burnout: uma análise reflexiva. Rev Enferm UFPE on line [Internet]. 2017 [citado em 02 out 2018]; 11(2):5092-101. Disponível em: https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistaenfermagem/article/view/25086/25352 DOI: https://doi.org/10.5205/1981-8963-v11i12a25086p5092-5101-2017

Maslach C, Goldberg J. Prevention of burnout: news perspectives. Appl Prev Psychol. [Internet]. 1998 [citado em 02 out 2018]; 7:63-74. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/222495735_Prevention_of_burnout_New_perspectives DOI: https://doi.org/10.1016/S0962-1849(98)80022-X

Ferreira AP. Satisfação, sobrecarga de trabalho e estresse nos profissionais de serviços de saúde mental. Rev Bras Med Trab. [Internet]. 2015 [citado em 02 out 2018]; 13(2):91-9. Disponível em: http://www.anamt.org.br/site/upload_arquivos/rbmt_volume_13_n%C2%BA_2_29320161552567055475.pdf

Duarte LCB, Moraes TD. Saúde mental de psicólogos atuantes em serviços de atenção primária à saúde. Estud Interdiscip Psicol. [Internet]. 2016 [citado em 02 out 2018]; 7(2):123-46. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/pdf/eip/v7n2/a08.pdf DOI: 10.5433/2236-6407.2016v7n2p123

Rodriguez SYS, Carlotto MS. Predictors of Burnout Syndrome in psychologists. Estud Psicol. [Internet]. 2017 [citado em 02 out 2018]; 34(1):141-50. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/estpsi/v34n1/0103-166X-estpsi-34-01-00141.pdf DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1982-02752017000100014

Santos AFO, Cardoso CL. Profissionais de saúde mental: estresse, enfrentamento e qualidade de vida. Psicol Teor Pesqui. [Internet]. 2010 [citado em 02 out 2018]; 26(3):543-8. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ptp/v26n3/a17v26n3.pdf

Maturana APPM, Valle TGM. Estratégias de enfrentamento e situações estressoras de profissionais no ambiente hospitalar. Psicol Hosp. [Internet]. 2014 [citado em 02 out 2018]; 12(2):2-23. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/pdf/ph/v12n2/12n2a02.pdf

Folkman S, Lazarus RS, Dunkel-Schetter C, DeLongis A, Gruen RJ. Dynamics of a stressful encounter: cognitive appraisal, coping, and encounter outcomes. J Pers Soc Psychol. 1986; 50(5):992-1003.

Folkman S, Moskowitz. Positive affect and the other side of coping. Am Psychol. [Internet]. 2000 [citado em 03 out 2018]; 55(6):647-54. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/10892207. DOI: 10.1037//0003-066X.55.6.647

Folkman S, Lazarus RS. An analysis of coping in a middle-aged community sample. J Health Soc Behav. [Internet]. 1980 [citado em 03 out 2018]; 21(3):219-39. Disponível em: https://www.jstor.org/stable/2136617?seq=1#metadata_info_tab_contents

Ribeiro RM, Pompeo DA, Pinto MH, Ribeiro RCHM. Estratégias de enfrentamento dos enfermeiros em serviço hospitalar de emergência. Acta Paul Enferm. [Internet]. 2015 [citado em 03 out 2018]; 28(3):216-23. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ape/v28n3/1982-0194-ape-28-03-0216.pdf DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1982-0194201500037

Turato ER. Tratado da metodologia da pesquisa clínico qualitativa. 3ed. Petrópolis: Editora Vozes; 2008. 688p.

Almeida RA, Malagris LEN. A prática da psicologia da saúde. Rev SBPH [Internet]. 2011 [citado em 03 out 2018]; 14(2):183-202. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/pdf/rsbph/v14n2/v14n2a12.pdf

Montandon J DA, Barroso SM. Burnout em psicólogos hospitalares da cidade de Uberaba. Cienc Trab. [Internet]. 2016 [citado em 03 out 2018]; 18(57):159-65. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/314201748_Burnout_em_Psicologos_Hospitalares_da_Cidade_de_Uberaba/download

Vasconcelos ASMSO. Saúde mental, burnout, stress e satisfação no trabalho: um estudo em bombeiros voluntários. [dissertação]. Porto (Portugal): Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação do Porto; 2016. 159p.

Sanzovo CE, Coelho MEC. Estressores e estratégias de coping em uma amostra de psicólogos clínicos. Estud Psicol. [Internet]. 2007 [citado em 03 out 2018]; 24(2):227-38. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/estpsi/v24n2/v24n2a09.pdf

Tamayo MR, Tróccoli BT. Exaustão emocional: relações com a percepção de suporte organizacional e com as estratégias de coping no trabalho. Estud Psicol. [Internet]. 2002 [citado em 03 out 2018]; 7(1):37-46. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/epsic/v7n1/10952.pdf

Pereira SS, Teixeira CAB, Reisdorfer E, Vieira MV, Donato ECSG, Cardoso L. A relação entre estressores ocupacionais e estratégias de enfrentamento em profissionais de nível técnico de enfermagem. Texto & Contexto Enferm. [Internet]. 2016 [citado em 03 out 2018]; 25(4):1-8. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/tce/v25n4/pt_0104-0707-tce-25-04-2920014.pdf DOI: http://dx.doi.org/10.1590/0104-07072016002920014

Silva RS, Silva I, Silva RA, Souza L, Tomasi E. Atividade física e qualidade de vida. Ciênc Saúde Colet. [Internet]. 2010 [citado em 03 out 2018]; 15(1):115-20. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csc/v15n1/a17v15n1.pdf




DOI: https://doi.org/10.18554/refacs.v7i4.3639

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.