Atividades em promoção da saúde para um grupo de idosos: relato de experiência

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18554/refacs.v8i3.3719

Palavras-chave:

Saúde do idoso, Assistência integral à saúde, Promoção da saúde.

Resumo

O presente estudo teve por objetivo relatar a experiência de ações de promoção da saúde em idosos por meio da prática de atividade física supervisionada, educação em saúde, interação social, empoderamento e lazer. Realizado entre 2018 a 2019, houve a participação no grupo, 33 idosos comunitários de uma Unidade Básica de Saúde da cidade de Uberaba, MG, Brasil. Os encontros consistiam em aquecimento com alongamentos estáticos e dinâmicos (15’); exercícios de fortalecimento, mobilidade, propriocepção, equilíbrio, coordenação e aeróbico (35’); desaquecimento com alongamentos (10’) e após a atividade física foram realizadas dinâmicas variadas abrangendo ações de educação em saúde, interação social e lazer (10’), e ao término uma oração. Observou-se aumento na assiduidade dos idosos além da manutenção na pressão arterial e a média da Pressão Arterial Sistólica diminuiu 3,52% e a média da Pressão Arterial Diastólica diminuiu 2,38% entre o início e o término do projeto. Foi perceptível e significativa a evolução e desenvolvimento nas variáveis físicas, no senso crítico e na participação efetiva, dinamismo e comunicação do grupo assim como a construção de um vínculo entre os idosos e os residentes. Houve ganho tanto para os residentes em forma de aporte/suporte teórico-prático, quanto para os usuários, que se beneficiaram de atividades físicas, psicológicas, sociais e de bem-estar geral, baseados sempre, nas suas angústias, perdas ou alterações no geral.
O presente estudo teve por objetivo relatar a experiência de ações de promoção da saúde em idosos por meio da prática de atividade física supervisionada, educação em saúde, interação social, empoderamento e lazer. Realizado entre 2018 a 2019, houve a participação no grupo, 33 idosos comunitários de uma Unidade Básica de Saúde da cidade de Uberaba, MG, Brasil. Os encontros consistiam em aquecimento com alongamentos estáticos e dinâmicos (15’); exercícios de fortalecimento, mobilidade, propriocepção, equilíbrio, coordenação e aeróbico (35’); desaquecimento com alongamentos (10’) e após a atividade física foram realizadas dinâmicas variadas abrangendo ações de educação em saúde, interação social e lazer (10’), e ao término uma oração. Observou-se aumento na assiduidade dos idosos além da manutenção na pressão arterial e a média da Pressão Arterial Sistólica diminuiu 3,52% e a média da Pressão Arterial Diastólica diminuiu 2,38% entre o início e o término do projeto. Foi perceptível e significativa a evolução e desenvolvimento nas variáveis físicas, no senso crítico e na participação efetiva, dinamismo e comunicação do grupo assim como a construção de um vínculo entre os idosos e os residentes. Houve ganho tanto para os residentes em forma de aporte/suporte teórico-prático, quanto para os usuários, que se beneficiaram de atividades 

Biografia do Autor

Mariana Resende Silva, Programa de Residência Multiprofissional em Saúde/Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Fisioterapeuta. Pós Graduanda em Saúde do Idoso pelo Programa de Residência Multiprofissional em Saúde da Universidade Federal do Triângulo

Lislei Jorge Patrizzi Martins, Departamento de Fisioterapia aplicada/Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Fisioterapeuta. Doutora em Clínica Médica. Docente associada do departamento de Fisioterapia aplicada da UFTM

Isabel Aparecida Porcatti de Walsh, Departamento de Fisioterapia aplicada/Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Fisioterapeuta. Doutora em Fisioterapia. Docente associada do departamento de Fisioterapia aplicada da UFTM, Uberaba/MG

Suraya Gomes Novais Shimano, Departamento de Fisioterapia aplicada/Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Fisioterapeuta. Doutora em Fisioterapia. Docente associada do departamento de Fisioterapia aplicada da UFTM

Referências

Menezes JNR, Costa MPM, Iwata ACNS, Araújo PM, Oliveira LG, Souza CGD, et al. A visão do idoso sobre o seu processo de envelhecimento. Rev Contexto Saúde [Internet]. 2018 [citado em 10 fev 2019]; 18(35):8-12. DOI: http://dx.doi.org/10.21527/2176-7114.2018.35.8-12

Monteiro ACL, Sarmento WE, Queiroga ND, Machado HCL, Pereira DA, Lima SMF, et al. Envelhecimento populacional: efetivação dos direitos na terceira idade. PUBVET [Internet]. 2018 [citado em 10 fev 2019]; 12(2):1-8. DOI: https://doi.org/10.22256/pubvet.v12n2a29.1-8

Willing MH, Lenardt MH, Caldas CP. Longevity according to life histories of the oldest-old. Rev Bras Enferm [Internet]. 2015 [citado em 10 fev 2019]; 68(4):697-704. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/0034-7167.2015680418i

Nóbrega ACL, Freitas EV, Oliveira MAB, Leitão MB, Lazzoli JK, Nahas RM, et al. Posicionamento oficial da Sociedade Brasileira de Medicina do Esporte e da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia: atividade física e saúde no idoso. Rev Bras Med Esporte [Internet]. 1999 [citado em 11 fev 2019]; 5(6):207-11. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86921999000600002

Moura MS, Pedrosa MAC, Costa EL, Bastos Filho PSC, Sayão LB, Sousa TSS. Efeitos de exercícios resistidos, de equilíbrio e alongamentos sobre a mobilidade funcional de idosas com baixa massa óssea. Rev Bras Ativ Fis Saúde [Internet]. 2012 [citado 10 jan 2019]; 17(6):474-84. DOI: https://doi.org/10.12820/rbafs.v.17n6p474-484

Zambaldi PA, Costa TABN, Diniz GCLM, Scalzo PL. Efeito de um treinamento de equilíbrio em um grupo de mulheres idosas da comunidade: estudo piloto de uma abordagem específica, não sistematizada e breve. Acta Fisiatr. [Internet]. 2007 [citado 11 fev 2019]; 14(1):17-24. DOI: https://doi.org/10.5935/0104-7795.20070001

Gomes Júnior FF, Brandão AB, Almeida FJM, Oliveira JGD. Compreensão de idosos sobre os benefícios da atividade física. Rev Bras Ciênc Saúde [Internet]. 2015 [citado em 13 fev 2019]; 19(3):193-8. DOI: https://doi.org/10.4034/RBCS.2015.19.03.04

Ferreira MER, Cardoso GMP, Lima GD, Oliveira ALN. Treinamento resistido na qualidade de vida de idosos. Rev Saúde Meio Ambiente [Internet]. 2019 [citado em 13 fev 2019]; 8(1):52-62. Disponível em: http://seer.ufms.br/index.php/sameamb/article/view/7557/pdf_69

Mendonça FTNF, Santos AS, Buso ALZ, Malaquias BSS. Health education with older adults: action research with primary care professionals. Rev Bras Enferm [Internet]. 2017 [citado em 20 mar 2019]; 70(4):792-9. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/0034-7167-2016-0349

Ministério da Saúde (Brasil), Gabinete do Ministro. Portaria nº 2.528, de 19 de outubro de 2006. Aprova a Política Nacional de Saúde da Pessoa Idosa – PNSI [Internet]. Brasília, DF, 2006 [citado em 20 mar 2019]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2006/prt2528_19_10_2006.html

Maia IMQ, Goya N. Percepções da residência multiprofissional em saúde da família e comunidade. SANARE (Sobral, Online) [Internet]. 2016 [citado em 11 mar 2019]; 15(2):67-77. Disponível em: https://sanare.emnuvens.com.br/sanare/article/view/1040/586

Lima Junior BA, Oliveira CAS, Bezerra EL, Santana RP, Cerdeira DQ. Caracterização dos principais exercícios terapêuticos na diminuição de quedas em idosos: revisão Integrativa. Braz J Health Rev. [Internet]. 2019 [citado 11 mar 2019]; 2(4):2365-75. Disponível em: http://www.brjd.com.br/index.php/BJHR/article/view/1740/1668

Assis HRC, Moura SKMSF, Ceriani RB, Bezerra JAX, Rabay AAN. O efeito da hidroginástica sobre a pressão arterial: uma revisão de literatura. Rev Diálogos Saúde [Internet]. 2018 [citado em 28 mar 2019]; 1(1):110-26. Disponível em http://periodicos.iesp.edu.br/index.php/dialogosemsaude/article/view/203/180

Silva JÁ, Araújo LOC, Xavier MCG, Amaral B. Envelhecimento e qualidade de vida: os idosos nos passos da dança de salão. Rev Saúde Fís Mental [Internet]. 2018 [citado em 17 mar 2019]; 6(2):43-57. Disponível em: https://revista.uniabeu.edu.br/index.php/SFM/article/view/3580

Kuchemann AB. Envelhecimento populacional, cuidado e cidadania: velhos dilemas e novos desafios. Soc Estado [Internet]. 2012 [citado 17 mar. 2019]; 27(1):165-80. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0102-69922012000100010

Publicado

2020-07-01

Edição

Seção

Relato de Experiência