Percepção de pacientes com câncer sobre a influência da espiritualidade no tratamento quimioterápico

Izabelle Mara Rodrigues Mesquita, Carolina Pires Martos, Leonardo Aparecido Santos, Ana Flávia Machado de Oliveira, Patrícia Maria Vieira, Jurema Ribeiro Luiz Gonçalves, Maria de Fátima Borges

Resumo


O presente estudo tem como objetivo descrever a percepção de pacientes com câncer sobre a influência da espiritualidade no tratamento quimioterápico. Trata-se de uma pesquisa qualitativa com oito pacientes adultos e idosos. Os dados foram coletados em novembro de 2017, por meio de uma entrevista semiestruturada e duas questões norteadoras. As informações extraídas das entrevistas foram analisadas pelo Método do Discurso do Sujeito Coletivo. Dois discursos emergiram: Aspectos dificultadores para o entendimento da espiritualidade e, Aceitação da doença, auxílio para a cura e autoajuda. A espiritualidade precisa ser abordada com os pacientes e melhor trabalhada na formação dos profissionais de saúde, isto, pois, é uma forma de enfrentamento da doença, diminuindo o sofrimento adquirido por meio da fé e esperança.


Palavras-chave


Espiritualidade; Neoplasias; Adaptação

Referências


Silva VC. O impacto da revelação do diagnóstico de câncer na percepção do paciente. [dissertação]. Ribeirão Preto (SP): Universidade de São Paulo; 2005. 219p.

Ministério da Saúde (Br), Instituto Nacional de Câncer José de Alencar Gomes da Silva. Estimativa 2016: incidência de câncer no Brasil [Internet]. Rio de Janeiro: INCA; 2015 [citado em 16 fev 2018]. Disponível em: http://santacasadermatoazulay.com.br/wp-content/uploads/2017/06/estimativa-2016-v11.pdf

Malta CD, Moura L, Prado RR, Escalante JC, Schmidt MI, Duncan BB. Mortalidade por doenças crônicas não transmissíveis no Brasil e suas regiões, 2000 a 2011 [Internet]. Epidemiol Serv Saúde 2014 [citado em 16 fev 2018]; 23(4):599-608. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ress/v23n4/2237-9622-ress-23-04-00599.pdf

Organização Mundial da Saúde. Relatório de status global sobre doenças não-transmissíveis 2010. Genebra: Organização Mundial de Saúde; 2011.

Carvalho RT, Parsons HA. Manual de cuidados paliativos. 2ed. Porto Alegre: Sulina, 2012. 590p.

Kubler-Ross E. Sobre a morte e o morrer. 10ed. São Paulo: Martins Fontes; 2017. 304p.

Savoia MG. Escalas de eventos vitais e de estratégias de enfrentamento (coping). Rev Psiquiatr Clín. 1999; 26:57-67.

Linard AG, Silva FAD, Silva RM. Mulheres submetidas ao tratamento para câncer de colo uterino: percepção de como enfrentam a realidade. Rev Bras Cancerol. [Internet]. 2002 [citado em 16 fev 2018]; 48(4):493-8. Disponível em: http://www1.inca.gov.br/rbc/n_48/v04/pdf/artigo1.pdf

Stroppa A, Moreira-Almeida A. Religiosidade e saúde. In: Salgado MI, Freire G. Saúde e espiritualidade: uma nova visão da medicina. Belo Horizonte: Inede; 2008. p. 427-43.

Nipp RD, El-Jawahri A, Fishbein JN, Eusebio J, Stagl JM, Gallagher ER, et al. The relationship between coping strategies, quality of life, and mood in patients with incurable cancer. Cancer [Internet]. 2016 [citado em 16 fev 2018]; 122(13):2110-6. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27089045. DOI: http://dx.doi.org/10.1002/cncr.30025

Benites AC, Neme CMB, Santos MA. Significados da espiritualidade para pacientes com câncer em cuidados paliativos. Estud Psicol (Campinas) [Internet]. 2017 [citado em 16 fev 2018]; 34(2):269-79. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/estpsi/v34n2/0103-166X-estpsi-34-02-00269.pdf

Matos TDS, Meneguin S, Ferreira MLS, Miot HA. Quality of life and religious-spiritual coping in palliative cancer care patients. Rev Latinoam Enferm. [Internet]. 2017 [citado em 15 fev 2018]; 25:e2910. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rlae/v25/0104-1169-rlae-25-e2910.pdf

Miranda SL, Lanna MAL, Felippe WC. Espiritualidade, depressão e qualidade de vida no enfrentamento do câncer: estudo exploratório. Psicol Ciênc Prof. [Internet]. 2015 [citado em 15 fev 2018]; 35(3):870-85. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/pcp/v35n3/1982-3703-pcp-35-3-0870.pdf

Martinez AP, Constantino BA, Messina CMHS. Percepções sobre o cuidado com idosos portadores de Alzheimer: contribuições a partir dos discursos da equipe de enfermagem. Rev Fac Cienc Med Sorocaba [Internet]. 2014 [citado em 16 fev 2018]; 16(2):76-9. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/RFCMS/article/view/11384/pdf

Figueiredo, MZA, Chiari BM, Goulart BNG. Discurso do sujeito coletivo: uma breve introdução à ferramenta de pesquisa quali-quantitativa. Distúrb Comun. [Internet]. 2013 [citado em 14 fev 2018]; 25(1):129-36. Disponível em: http://revistas.pucsp.br/index.php/dic/articl e/viewFile/14931/11139

Alves JPS, Paula, MFC. A espiritualidade na arte do cuidar: experiência do idoso hospitalizado com câncer. In: 5º Congresso Ibero-Americano em Investigação Qualitativa [Internet]; 2016; Porto. Porto (Portugal): Ludomedia; 2016 [citado em 14 fev 2018]. p. 276-85. (Atas – Investigação Qualitativa na Saúde; v. 2). Disponível em: http://www.proceedings.ciaiq.org/index.php/ciaiq2016/article/view/762

Sampaio AD, Siqueira HCH. Influência da espiritualidade no tratamento do usuário oncológico: olhar da enfermagem. Ensaios Cienc Biol Agrar Saúde [Internet]. 2016 [citado em 14 fev 2018]; 20(3):153-60. Disponível em: http://www.pgsskroton.com.br/seer/index.php/ensaioeciencia/article/view/4433

Tomasso CS, Beltrame IL, Lucchetti G. Knowledge and attitudes of nursing professor and students concerning the interface between spirituality, religiosity and health. Rev Latinoam Enferm. [Internet]. 2011 [citado em 14 fev 2018]; 19(5):1205-13. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rlae/v19n5/19.pdf

Szaflarski M. Spirituality and religion among HIV-infected individuals. Curr HIV/AIDS Rep. [Internet]. 2013 [citado em 14 fev 2018]; 10(4):324-32. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/2399664

Peteet JR, Balboni MJ. Spirituality and religion in oncology. CA Cancer J Clin. [Internet]. 2013 [citado em 16 fev 2018]; 63(4):280-9. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23625473

Trentini M, Silva SH, Valle ML, Hammerschmidt KSA. Enfrentamento de situações adversas e favoráveis por pessoas idosas em condições crônicas de saúde. Rev Latinoam Enfermagem [Internet]. 2005 [citado em 14 fev 2018]; 13(1):38-45. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rlae/v13n1/v13n1a07.pdf

Pinto AG, Guimarães VB, Lanza LB. Espiritualidade e o enfrentamento de pacientes submetidos à quimioterapia. Rev Fac Cienc Med Sorocaba [Internet]. 2017 [citado em 14 fev 2018]; 19(2):81-5. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/RFCMS/article/view/30661

Soratto MT, Silva DM, Zugno PI, Daniel R. Espiritualidade e resiliência em pacientes oncológicos. Saúde e Pesqu. [Internet]. 2016 [citado em 15 fev 2018]; 9(1):53-63. Disponível em: http://docs.bvsalud.org/biblioref/2017/02/831994/6.pdf DOI: http://dx.doi.org/10.17765/1983-1870.2016v9n1p53-63

Pinheiro DN, Pinheiro MCN, Xavier MB, Amaro CSO, Parente NA. Aspectos educativos do programa de prevenção do câncer do colo do útero, Belém, Pará, Brasil. Rev Eletr Gest Saúde [Internet]. 2013 [citado em 16 fev 2018]; 4(4):1469-82. Disponível em: http://periodicos.unb.br/index.php/rgs/article/view/22856/16404




DOI: https://doi.org/10.18554/refacs.v7i4.3856

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.