Síndrome de Burnout, variáveis sociodemográficas, ocupacionais e satisfação no trabalho na equipe de enfermagem hospitalar

Bruna Silveira Toledo Barbosa, Lilian Gomes da Silva Ferreira, Jéssica Carvalho Lima, Renata Martins Matos Oliveira, Lara Andrade Souza, Isabel Aparecida Porcatti de Walsh

Resumo


Este é um estudo quantitativo realizado em 2015 a 2016, com o objetivo de avaliar prevalência da Síndrome de Burnout e suas relações com fatores sociodemográficos, características ocupacionais e satisfação no trabalho dos trabalhadores de enfermagem. Utilizou-se questionário semiestruturado para avaliação sociodemográfica e ocupacional, o Maslach Burnout Inventory para indicativo da Síndrome de Burnout e o Occupational Stress Indicator para satisfação no trabalho. A idade média dos trabalhadores foi de 33,73±8,33 anos, com predominância feminina (82,2%) e prevalência de risco moderado (52,3%) para a Síndrome de Burnout. Quanto maior a satisfação no trabalho, menor o risco para a Síndrome de Burnout. É importante que esses profissionais recebam condições adequadas de trabalho para que diminua o risco da doença que compromete a qualidade de vida e a assistência prestada.

Palavras-chave


Esgotamento profissional; Saúde do trabalhador; Satisfação no emprego.

Referências


Ferreira NN, Lucca SR. Síndrome de burnout em técnicos de enfermagem de um hospital público do Estado de São Paulo. Rev Bras Epidemiol. [Internet]. 2015 [citado em 05 fev 2020]; 18(1):68-79. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbepid/v18n1/1415-790X-rbepid-18-01-00068.pdf. DOI: 10.1590/1980-5497201500010006

Fernandes MA, Marziale MHP, Fernandes MA, Marziale MHP. Riscos ocupacionais e adoecimento de trabalhadores em saúde mental. Acta Paul Enferm. [Internet]. 2014 [citado em 05 fev 2020]; 27(6):539-47. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ape/v27n6/1982-0194-ape-027-006-0539.pdf. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1982-0194201400088

Silva SCPS, Nunes MAP, Santana VR, Reis FP, Machado Neto J, Lima SO. A síndrome de burnout em profissionais da Rede de Atenção Primária à Saúde de Aracaju, Brasil. Ciên Saúde Colet. [Internet]. 2015 [citado em 05 fev 2020]; 20(10):3011-20. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csc/v20n10/1413-8123-csc-20-10-3011.pdf

Fernandes LS, Nitsche MJT, Godoy I. Associação entre síndrome de burnout, uso prejudicial de álcool e tabagismo na Enfermagem nas UTIs de um hospital universitário. Ciên Saúde Colet. [Internet]. 2018 [citado em 05 fev 2020]; 23(1):203-14. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csc/v23n1/1413-8123-csc-23-01-0203.pdf

Rodrigues CCFM, Santos VEP, Sousa P. Segurança do paciente e enfermagem: interface com estresse e Síndrome de Burnout. Rev Bras Enferm. [Internet]. 2017 [citado em 05 fev 2020]; 70(5):1083-8. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reben/v70n5/pt_0034-7167-reben-70-05-1083.pdf. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/0034-7167-2016-0194

Meneghini F, Paz AA, Lautert L. Fatores ocupacionais associados aos componentes da síndrome de Burnout em trabalhadores de enfermagem. Texto & Contexto Enferm. [Internet]. 2011 [citado em 05 fev 2020]; 20(2):225-33. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/tce/v20n2/a02v20n2.pdf. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-07072011000200002

Murofuse NT, Abranches SS, Napoleão AA. Reflexões sobre estresse e Burnout e a relação com a enfermagem. Rev Latinoam Enferm. [Internet]. 2005; 13(2):255-61. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rlae/v13n2/v13n2a19.pdf. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-11692005000200019

Maslach C, Jackson SE, Leiter MP. Maslach Burnout Inventory Manual. 3rded. Califórnia, USA: Consulting Psychologists Press; 1981.

Jodas DA, Haddad MCL. Síndrome de Burnout em trabalhadores de enfermagem de um pronto socorro de hospital universitário. Acta Paul Enferm. [Internet]. 2009 [citado em 05 fev 2020]; 22(2):192-7. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ape/v22n2/a12v22n2.pdf. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0103-21002009000200012

França FM, Ferrari R, Ferrari DC, Alves ED. Burnout e os aspectos laborais na equipe de enfermagem de dois hospitais de médio porte. Rev Latinoam Enferm. [Internet]. 2012 [citado em 05 fev 2020]; 20(5):961-70. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rlae/v20n5/pt_19.pdf. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-11692012000500019

Ebisui, CTN. Trabalho docente do enfermeiro e a Síndrome de Burnout: desafios e perspectivas [Internet]. [tese]. Ribeirão Preto: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto; 2008 [citado em 19 jan 2020]. Disponível em: https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22131/tde-12012009-155856/pt-br.php. DOI: 10.11606/T.22.2008.tde-12012009-155856

Swan JA, Moraes LFR, Cooper CL. Developing the occupational stress indicator (OSI) for use in Brazil: a report on the reliability and validity of the translated OSI. Stress Med. [Internet]. 1993 [citado em 05 fev 2020]; 9(4):247-53. Disponível em: https://onlinelibrary.wiley.com/doi/abs/10.1002/smi.2460090407. DOI: https://doi.org/10.1002/smi.2460090407

Tironi MOS, Nascimento Sobrinho CL, Barros DS, Reis EJFB, Marques Filho ES, Almeida A, et al. Trabalho e síndrome da estafa profissional (síndrome de Burnout) em médicos intensivistas de Salvador. AMB Rev Assoc Med Bras. [Internet]. 2009 [citado em 05 fev 2020]; 55(6):656-62. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ramb/v55n6/09.pdf. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-42302009000600009

Andolhe R, Barbosa RL, Oliveira EM, Costa ALS, Padilha KG. Estresse, coping e burnout da equipe de enfermagem de unidade de terapia intensiva: fatores associados. Rev Esc Enferm USP. [Internet]. 2015 [citado em 05 fev 2020]; 49(esp):58-64. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reeusp/v49nspe/1980-220X-reeusp-49-spe-0058.pdf. DOI: 10.1590/S0080-623420150000700009

Ribeiro, VF, Ferreira Filho, C, Valenti, VE, Ferreira, M, Abreu, LC, Carvalho, TD, et al. Prevalence of burnout syndrome in clinical nurses at a hospital of excellence. Int Arch Med. [Internet]. 2014 [citado em 05 fev 2020]; 7(1):22. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4031323/. DOI: 10.1186/1755-7682-7-22

Vega NV, Sanabria A, Domínguez LC, Osorio C, Bejarano M. Síndrome de desgaste profesional. Rev Colomb Cir. [Internet]. 2009 [citado em 05 fev 2020]; 24(3):138-46. Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/3555/355534491008.pdf

Özden D, Karagözoglu S, Yildirim G. Intensive care nurses’ perception of futility: job satisfaction and burnout dimensions. Nurs Ethics [Internet]. 2013 [citado em 05 fev 2020]; 20(4):436-47. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23411368. DOI: 10.1177/0969733012466002

Martins LF, Laport TJ, Menezes VP, Medeiros PB, Ronzani TM. Esgotamento entre profissionais da Atenção Primária à Saúde. Cien Saude Colet. [Internet]. 2014; 19(12):4739-50. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csc/v19n12/1413-8123-csc-19-12-04739.pdf. DOI: 10.1590/1413-812320141912.03202013

Padilha KG, Barbosa RL, Andolhe R, Oliveira EM, Ducci AJ, Bregalda RS, et al. Carga de trabalho de enfermagem, estresse/Burnout, satisfação e incidentes em unidade de terapia de trauma. Texto & Contexto Enferm. [Internet] 2017 [citado em 05 fev 2020]; 26(3):e1720016. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/tce/v26n3/0104-0707-tce-26-03-e1720016.pdf. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/0104-07072017001720016

Thomas M, Kohli V, Choi J. Correlates of job burnout among human services workers: Implications for workforce retention. J Sociol Soc Welf. [Internet]. 2014; 41(4):69-90. Disponível em: https://scholarworks.wmich.edu/cgi/viewcontent.cgi?article=3983&context=jssw.

Lima AS, Farah BF, Bustamante-Teixeira MT. Análise da prevalência da Síndrome de Burnout em profissionais da atenção primária em saúde. Trab Educ Saúde. [Internet]. 2018 [citado em 05 fev 2020]; 16(1):283-304. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/tes/v16n1/1678-1007-tes-1981-7746-sol00099.pdf. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1981-7746-sol00099

Vidotti V, Ribeiro RP, Galdino MJQ, Martins JT. Burnout Syndrome and shift work among the nursing staff. Rev Latinoam Enferm. [Internet]. 2018 [citado em 05 fev 2020]; 26:e3022–e3022. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rlae/v26/0104-1169-rlae-26-e3022.pdf. DOI: 10.1590/1518-8345.2550.3022

Dallacosta FM. Avaliação do nível de satisfação no trabalho e dos sintomas de Burnout em docentes da área da saúde [Internet]. [tese]. Porto Alegre: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; 2014 [citado em 02 nov 2019]. Disponível em: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/1791

França SPS, Martino MMF, Aniceto EVS, Silva LL. Preditores da Síndrome de Burnout em enfermeiros de um serviço de urgência pré-hospitalar. Acta Paul Enferm. [Internet]. 2015 [citado em 05 fev 2020]; 25(1):68-73. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ape/v25n1/v25n1a12.pdf. http://dx.doi.org/10.1590/S0103-21002012000100012

Thomas M, Kohli V, Choi J. Correlates of burnout among human services workers: implications of workforce retention. J Sociol Soc Welf. [Internet]. 2014 [citado em 05 fev 2020]; 41(4):68-90. Disponível em: https://scholarworks.wmich.edu/cgi/viewcontent.cgi?article=3983&context=jssw

Lima AS, Farah BF, Bustamante-Teixeira MT. Análise da prevalência da síndrome de burnout em profissionais da atenção primária em saúde. Trab Educ Saúde [Internet]. 2018 [citado em 05 fev 2020]; 16(1):283-304. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/tes/v16n1/1678-1007-tes-1981-7746-sol00099.pdf. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1981-7746-sol00099

Theme Filha, MM, Costa, MAS, Guilam, MCR. Estresse ocupacional e auto avaliação de saúde entre profissionais de enfermagem. Rev Latinoam Enferm. [Internet]. 2013 [citado em 05 fev 2020]; 21(2):475-83. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rlae/v21n2/pt_0104-1169-rlae-21-02-0475.pdf. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-11692013000200002

Guimarães ALO, Felli VEA. Notificação de problemas de saúde em trabalhadores de enfermagem de hospitais universitários. Rev Bras Enferm. [Internet]. 2016 [citado em 05 fev 2020]; 69(3):507-14. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reben/v69n3/0034-7167-reben-69-03-0507.pdf. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/0034-7167.2016690313i

Santos NAC, Mamede NM, Paula MAB. Principais causas de afastamento do trabalho da equipe de enfermagem: revisão integrativa da literatura. Rev Adm Saúde [Internet]. 2014 [citado em 05 fev 2020]; 16(24):97-103. Disponível em: http://www.cqh.org.br/portal/pag/anexos/baixar.php?p_ndoc=1500&p_nanexo=642. DOI: 10.5327/Z1519-1672201400640004

Nogueira LS, Sousa RMC, Guedes ES, Santos MA, Turrini RNT, Cruz DALM. Burnout and nursing work environment in public health institutions. Rev Bras Enferm. [Internet]. 2018 [citado em 05 fev 2020]; 71(2):336-42. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reben/v71n2/0034-7167-reben-71-02-0336.pdf. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/0034-7167-2016-0524




DOI: https://doi.org/10.18554/refacs.v8i2.4328

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.