Análise dos indicadores de saúde bucal na Região Metropolitana de Curitiba-PR: avanços e retrocessos entre 2015-2017

Larissa Leonarda Pinto, Gabriela Fonseca de Souza, Lara Cubis de Lima, Rafael Gomes Ditterich

Resumo


Este estudo objetivou avaliar a relação entre os indicadores de saúde bucal e cobertura pelas equipes de saúde bucal. Trata-se de um estudo quantitativo e descritivo, considerando as cidades da região metropolitana de Curitiba/PR, correspondente aos anos 2015 a 2017, quanto a cobertura na Estratégia Saúde da Família e os principais indicadores de saúde. Realizou-se teste de correlação de Pearson. Quanto as maiores coberturas, entre 2015 a 2017 respectivamente, observou-se: primeira consulta programática, (p=0,017, r=0,503/ p=0,021, r=0,490/ p=0,021, r =0,487); escovação supervisionada (p<0,001, r=0,871/ p=0,034, r=0,454/ p<0,001; r=0,753); e exodontia (p<0,001, r=0,787/ p<0,001, r=0,735/ p<0,001; r=0,772). Verificou-se que a Emenda Constitucional 241/2016, causou diminuição na cobertura das equipes de saúde bucal, afetando as ações preventivas.


Palavras-chave


Indicadores Básicos de Saúde; Estratégia de Saúde da Família; Sistemas de Informação em Saúde; Saúde Bucal.

Referências


Mattos GCM, Ferreira EF, Leite ICG, Greco RM. A inclusão da equipe de saúde bucal na Estratégia Saúde da Família: entraves, avanços e desafios. Ciên Saúde Colet. [Internet]. 2014 [citado em 10 maio 18]; 19:373-82. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1413-81232014192.21652012. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/csc/v19n2/1413-8123-csc-19-02-00373.pdf

Pereira CRS, Patrício AAR, Araújo FAC, Lucena EES, Lima KC, Roncalli AG. Impacto da Estratégia Saúde da Família com equipe de saúde bucal sobre a utilização de serviços odontológicos. Cad Saúde Pública [Internet]. 2009 [citado em 10 maio 18]; 25(5):985-96. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2009000500005. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/csp/v25n5/05.pdf

Cayetano MH, Almeida Carrer FC, Gabriel M, Martins FC, Pucca Jr GA. Política Nacional de Saúde Bucal Brasileira (Brasil Sorridente): um resgate da história, aprendizados e futuro. Univ Odontol. [Internet]. 2019 [citado em 20 jun 2019]; 38(80):[23p.]. DOI: https://doi.org/10.11144/Javeriana.uo38-80.pnsb. Disponível em: https://revistas.javeriana.edu.co/index.php/revUnivOdontologica/article/view/25629

Chaves SCL, Almeida AMFdL, Rossi TRA, Santana SFd, Barros SGd, Santos CML. Política de saúde bucal no Brasil 2003-2014: cenário, propostas, ações e resultados. Ciên Saúde Colet. [Internet]. 2017 [citado em 15 maio 2018]; 22:1791-803. DOI: https://doi.org/10.1590/1413-81232017226.18782015. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/csc/v22n6/1413-8123-csc-22-06-1791.pdf

Vieira FS, Benevides RPS. Os impactos do novo regime fiscal para o financiamento do Sistema Único de Saúde e para a efetivação do direito à Saúde no Brasil [Internet]. Brasília, DF: IPEA; 2016 [citado em 15 maio 18]. Disponível em: http://www.ipea.gov.br/portal/index.php?option=com_content&id=28589

Barros SGd, Chaves SCL. A utilização do Sistema de Informações Ambulatoriais (SIA-SUS) como instrumento para caracterização das ações de saúde bucal. Epidemiol Serv Saúde [Internet]. 2003 [citado em 20 jun 2019]; 12(1):41-51. DOI: http://dx.doi.org/10.5123/S1679-49742003000100005. Disponível em: http://scielo.iec.gov.br/pdf/ess/v12n1/v12n1a05.pdf

Facchini LA, Castilhos ED, Teixeira ND. Avaliação da evolução da demanda de saúde bucal através do uso de sistemas de informação em saúde. Rev Enferm Atenção Saúde [Internet]. 2011 [citado em 15 maio 2019]; 1:50-9. Disponível em: http://www.guaiaca.ufpel.edu.br/handle/123456789/690

Secretaria do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas, Coordenação da Região Metropolitana da Região de Curitiba (Paraná). Municípios da RMC [Internet]. Curitiba: COMEC; [201-?] [citado em 20 fev 2018]. Disponível em: http://www.comec.pr.gov.br/FAQ/Municipios-da-Regiao-Metropolitana-de-Curitiba

Ministério da Saúde (Brasil), Departamento de Informática do SUS, Sistema de Informações Ambulatoriais do Sistema Único de Saúde (SIA-SUS). Produção ambulatorial do SUS – Paraná – por local de atendimento – 2015/2017 [Internet]. Brasília, DF: DATASUS [citado em 10 out 2018]. Disponível em: http://www.tabnet.datasus.gov.br/cgi/deftohtm.exe?sia/cnv/qapr.def

Ministério da Saúde (Br). Departamento de Informática do SUS [Internet]. Informações em Saúde: população residente - estimativas para o TCU - Paraná. Brasília, DF: DATASUS [citado em 10 de out 2018]. Disponível em: http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/deftohtm.exe?ibge/cnv/poptpr.def.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Municípios [Internet]. Rio de Janeiro: IBGE; [201-?] [citado em 08 out 2018]. Disponível em: http://www.ibge.gov.br/home/

Figueiredo Filho DB, Silva Júnior JA. Desvendando os mistérios do coeficiente de correlação de Pearson (r). Rev Polít Hoje [Internet]. 2009 [citado em 10 maio 2018]; 18:115-46. Disponível em: https://periodicos.ufpe.br/revistas/politicahoje/article/view/3852/3156

Marques A, Oneda G, Buffon M, Ditterich R. Sistemas de informação como ferramenta de monitoramento das ações de saúde bucal na Estratégia Saúde da Família da região metropolitana de Curitiba-PR. Rev Bras Pesq Saúde [Internet]. 2014 [citado em 20 jun 2018]; 16(1):82-9. Disponível em: https://www.periodicos.ufes.br/rbps/article/view/8494/5990

Zermiani TC, Pimentel BV, Buffon MCM, Ditterich RG. Indicadores de desenvolvimento humano e de saúde bucal na atenção básica nos municípios da região metropolitana de Curitiba-PR. Rev Fac Odontol UPF [Internet]. 2014 [citado em 15 mar 2019]; 19(2):185-92. DOI: https://doi.org/10.5335/rfo.v19i2.3770. Disponível em: http://seer.upf.br/index.php/rfo/article/view/3770

Fernandes LSP, Peres MA. Associação entre atenção básica em saúde bucal e indicadores socioeconômicos municipais. Rev Saúde Pública [Internet]. 2005 [citado em 15 mar 2019]; 39:930-6. Disponível em: https://www.scielosp.org/pdf/rsp/2005.v39n6/930-936/pt

Macinko J, Mendonça CS. Estratégia Saúde da Família, um forte modelo de Atenção Primária à Saúde que traz resultados. Saúde Debate [Internet]. 2018 [citado em 15 mar 2019]; 42:18-37. DOI: https://doi.org/10.1590/0103-11042018s102. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/sdeb/v42nspe1/0103-1104-sdeb-42-spe01-0018.pdf

Peres KG, Peres MA, Boing AF, Bertoldi AD, Bastos JL, Barros AJ. Reduction of social inequalities in utilization of dental care in Brazil from 1998 to 2008. Rev Saúde Pública [Internet]. 2012 [citado em 10 maio 2018]; 46:250-8. Disponível em: https://www.scielosp.org/pdf/rsp/2012.v46n2/250-258/en

Dalazen CE, De Carli AD, Bomfim RA, dos Santos MLM. Contextual and individual factors influencing periodontal treatment needs by elderly brazilians: a multilevel analysis. PLoS One [Internet]. 2016 [citado em 20 jun 2019]; 11(6):e0156231. DOI: https://doi.org/10.1371/journal.pone.0156231. Disponível em: https://journals.plos.org/plosone/article?id=10.1371/journal.pone.0156231

Arantes LJ, Shimizu HE, Merchán-Hamann E. Contribuições e desafios da Estratégia Saúde da Família na atenção primária à saúde no Brasil: revisão da literatura. Ciên Saúde Colet [Internet]. 2016 [citado em 10 maio 2018]; 21:1499-510. DOI: https://doi.org/10.1590/1413-81232015215.19602015. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/csc/v21n5/1413-8123-csc-21-05-1499.pdf

Chaves SCL, Rossi TRA, Freire AM, Martelli PJL, Sobrinho JEL, Barros SG. Desmonte da saúde bucal no SUS [Internet]. Salvador: Instituto de Saúde Coletiva - UFBA; 2019 [citado em 07 jun 2019]. (Observatório de análise política em saúde). Disponível em: https://www.analisepoliticaemsaude.org/oaps/documentos/pensamentos/debatesepensamentos-desmontesaudebucal/

Mendes ÁN. A saúde pública brasileira num universo "sem mundo": a austeridade da Proposta de Emenda Constitucional 241/2016. Cad Saúde Pública [Internet]. 2016 [citado em 20 mar 2019]; 32:e00188916. DOI: https://doi.org/10.1590/0102-311x00188916. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/csp/v32n12/1678-4464-csp-32-12-e00188916.pdf

Rossi P, Dweck E. Impactos do Novo Regime Fiscal na saúde e educação. Cad Saúde Pública [Internet]. 2016 [citado em 10 maio 2018]; 32:e00194316. DOI: https://doi.org/10.1590/0102-311x00194316. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/csp/v32n12/1678-4464-csp-32-12-e00194316.pdf

Pucca Junior G, Gabriel M, Araujo M, Almeida F. Ten years of a National Oral Health Policy in Brazil: innovation, boldness, and numerous challenges. J Dental Res. [Internet]. 2015 [citado em 20 mar 2019]; 94(10):1333-7. DOI: https://journals.sagepub.com/doi/abs/10.1177/0022034515599979

Barros S. Atenção primária e saúde bucal: as evidências de sua implementação no Brasil. In: Chaves SCL (organizadora). Política de saúde bucal no Brasil: teoria e prática [Internet]. Salvador: EDUFBA; 2016. p. 173-201 [citado em 20 mar 2019]. Disponível em: https://repositorio.ufba.br/ri/bitstream/ri/21648/1/PoliticaSaudeBucal-RI.pdf

Fischer TK, Peres KG, Kupek E, Peres MA. Indicadores de atenção básica em saúde bucal: associação com as condições socioeconômicas, provisão de serviços, fluoretação de águas e a estratégia de saúde da família no Sul do Brasil. Rev Bras Epidemiol. [Internet]. 2010 [citado em 20 mar 2019]; 13:126-38. Disponível em: https://www.scielosp.org/pdf/rbepid/2010.v13n1/126-138/pt




DOI: https://doi.org/10.18554/refacs.v8i4.4355

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.