Relação entre fatores do neurodesenvolvimento e a elaboração escrita em crianças do ensino fundamental

Angela Cristina Pontes Fernandes, Marielle Martins Santos, Patrícia Aparecida Zuanetti, Ana Paula Andrade Hamad

Resumo


O objetivo deste estudo foi analisar se as habilidades cognitivas de controle executivo e visuoespacial se relacionam a desempenho prejudicado na elaboração da escrita em crianças do ensino fundamental, com queixa escolar (comportamental ou de aprendizagem). Foram analisados 70 prontuários de crianças de 6 a 10 anos, atendidas em ambulatório especializado, de 2013 a 2018. Desse total, foram consideradas 40 crianças, as quais foram divididas em dois grupos, com e sem dificuldade na elaboração escrita. Coletaram-se dados de caracterização, desenvolvimento neuropsicomotor, intervenções prévias e desempenho na avaliação neuropsicológica quanto às habilidades de controle executivo e visuoespaciais. A regressão logística com o LASSO foi utilizada na avaliação estatística. Os resultados sugerem uma relação positiva entre o histórico de integridade da linguagem/desenvolvimento da leitura e a construção coerente da narrativa e, a experiência escolar como variavél importante no processo de aprimoramento do nível de coerência escrita. A variável não linguística (habilidade visuoespacial) não se mostrou diretamente associada ao processamento da escrita.


Palavras-chave


Desenvolvimento infantil; Escrita manual; Neuropsicologia.

Referências


Rapp B, Fischer-Baum S, Miozzo M. Modality and morphology what we write may not be what we say. PsycholSci. [Internet]. 2015[citado em 27 jul 2019]; 26(6):892-902. Disponível em: https://pdfs.semanticscholar.org/eb5b/b97a174635c9f00a6c375ec90b516cc22149.pdf

Barrera SD, Santos MJ. Produção escrita de narrativas: influência de condições de solicitação. Educ Rev. [Internet].2016 [citado em 20 dez 2017]; 62:69-85. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/er/n62/1984-0411-er-62-00069.pdf

Gomes EC. A escrita na história da humanidade [Internet]. UFAM, 2007 [citado em 06 fev 2018]. Disponível em: http://dialogica.ufam.edu.br/PDF/no3/Eduardo_Aspectos_da_escrita_na_Historia_da_humanidade.pdf

Bordignon LHC, Paim MMW. O processo de aquisição da escrita pela criança: dialogando com Alexander Romanovich Luria. EDUCERE [Internet]. 2015[citado em 18 dez 2018]. Disponível em: http://educere.bruc.com.br/arquivo/pdf2015/21008_9578.pdf

Luria AR. O desenvolvimento da escrita na criança. In: Vygotsky LS, Luria AR, Leontiev AN. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. São Paulo: Ícone/EDUSP; 1988. p. 143-89

Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Brasil). Sistema de Avaliação da Educação Básica – SAEB 2017 [Internet]. Brasília, DF: INEP; 2018 [citado em 13 ago 2019]. Disponível em:https://medium.com/@inep/resultados-do-saeb-2017-f471ec72168d

Amorim WW, Sampaio NFS, Temponi CN, Zamilute IAG, Ikuda VV. Neurofisiologia da escrita: o que acontece no cérebro humano quando escrevemos? Rev Neuropsicol Latinoam. [Internet]. 2016 [citado em 5 fev 2018]; 8(1):1-11. Disponível em: http://neuropsicolatina.org/index.php/Neuropsicologia_Latinoamericana/article/view/260/187

Andrade VM, Bueno OFA. Influências dos fatores socioculturais no neurodesenvolvimento. In: Mello CB, Miranda MC e Muszkat M. Neuropsicologia do desenvolvimento: conceitos e abordagens. São Paulo: Editora Memnon; 2006, pp. 144-161.

Ciasca SM. Disgrafia. In: Montiel JM, Capovilla FC (organizadores). Atualização em transtornos de aprendizagem. Porto Alegre: Artes Médicas; 2009, pp. 567-584.

Papalia DE, Feldman RD. Desenvolvimento humano. Vercesi CFM, tradutora. 12ed. Porto Alegre: Artmed; 2013. cap.9, 800p.

Cabral LS. Avanços das neurociências para a alfabetização e a leitura. Letras Hoje [Internet]. 2013 [citado em 20 dez 2017]; 48(3):277-82. Disponível em: http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/fale/article/view/12634/9905

Brandenburg J, Klesczewski J, Fischbach A, Schuchardt K, Büttner G, Hasselhorn M. Working memory in children with learning disabilities in reading versus spelling: searching for overlapping and specific cognitive factors. J Learn Disabil. [Internet]. 2015[citado em 20 jan 2020];48(6):622-34. DOI: 10.1177/0022219414521665

Cohen M, Mahé G, Laganaro M, Zesiger P. Does the relation between rapid automatized naming and reading depend on age or on reading level? a behavioral and erp study. Front Hum Neurosci. [Internet]. 2018 [citado em 20 jul 2019]; 12:73. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/323337434_Does_the_Relation_between_Rapid_Automatized_Naming_and_Reading_Depend_on_Age_or_on_Reading_Level_A_Behavioral_and_ERP_Study

Salles JF, Corso HV. Preditores neuropsicológicos da leitura. In: Salles JF, Haase VG, Malloy-Diniz LF, organizadores. Neuropsicologia do desenvolvimento: infância e adolescência. Porto Alegre: Artmed; 2016. p. 118-24.

Santos MAG, Hage SRV. Produção textual de crianças sem dificuldades de aprendizagem. CoDAS [Internet]. 2015 [citado em 8 mar 2018]; 27(4):350-8. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/codas/v27n4/pt_2317-1782-codas-27-04-00350.pdf

Zuanetti PA, Novaes CB, Silva K, Nascimento FM, Fukuda MTH. Principais alterações encontradas nas narrativas escritas de crianças com dificuldades em leitura/escrita. Rev CEFAC [Internet]. 2016 [citado em 8 mar 2018];18(4):843-53. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rcefac/v18n4/1982-0216-rcefac-18-04-00843.pdf

Spinillo AG, Martins RA. Uma análise da produção de histórias coerentes por crianças. Psicol Reflex Crít. [Internet]. 1997 [citado em 23 mar. 2020]; 10(2):219-48. DOI: https://doi.org/10.1590/S0102-79721997000200004

Baddeley AD, Hitch GJ. The phonological loop as a buffer store: an update. Cortex [Internet]. 2019 [citado em 20 mar 2020];112:91-106. DOI: 10.1016/j.cortex.2018.05.015.

Mourão Júnior CA, Melo LBR. Integração de três conceitos: função executiva, memória de trabalho e aprendizado. Psicol TeorPesqui. [Internet]. 2011 [citado em 8 mar 2018]; 27(3):309-14. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ptp/v27n3/06.pdf

Cardoso ACB. Relação entre variáveis linguísticas e coerência em narrativas escritas. Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 43 páginas, 2018.

Garcia RB, Galera C. Habilidades visuoespaciais: conceitos e instrumentos de avaliação. Bol SBNp [Internet]. 2015 [citado em 28 jul 2019]; 8-11. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/275348914_Habilidades_visuoespaciais_Conceitos_e_instrumentos_de_avaliacao

Capovilla AGS, Capovilla FC, Gütschow CRD. Habilidades cognitivas que predizem competência de leitura e escrita. Psicol TeorPrát. [Internet]. 2004 [citado em 8 mar 2018]; 6(2):13-26. Disponível em: http://www.ip.usp.br/laboratorios/lance/artigos/2004_capovilla_gutschow_capovilla.pdf

Wechsler D. Escala Weschsler de inteligência para crianças: WISC-IV. 4ed. São Paulo: Casa do Psicólogo; 2013.

Oliveira MS. Figuras Complexas de Rey: teste de cópia e de reprodução de memória de figuras geométricas complexas. Rey T, Franco LCF, tradutores. 1ed. São Paulo: Casa do Psicólogo; 1999.

Rutter M, Caspi A, Fergusson D, Horwood LJ, Goodman R, Maughan B, et. al. Sex differences in developmental reading disability: new findings from 4 epidemiological studies. JAMA [Internet]. 2007 [citado em 27 jul 2019]; 291(16):2007-12. DOI: 10.1001/jama.291.16.2007

Santos PL, Graminha SSV. Problemas emocionais e comportamentais associados ao baixo rendimento acadêmico. Estud Psicol. (Campinas) [Internet]. 2006 [citado em 28 jul 2019]; 11(1):101-9. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/epsic/v11n1/12.pdf

Perfetti CA, Landi N, Oakhill J. The acquisition of reading comprehension skill. In:Snowling MJ, Hulme C, editors. The science of reading: a handbook. Oxford: Blackwell; 2005. cap. 13, p. 227-53

Bigarelli JFP, Ávila CRB. Habilidades ortográficas e de narrativa escrita no ensino fundamental: características e correlações. J Soc Bras Fonoaudiol. [Internet]. 2011 [citado em 27 jul 2017];23(3):237-44. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/jsbf/v23n3/a09v23n3.pdf

Zuanetti PA, Lugli MB, Fernandes ACP, Soares MST, Silva K, Fukuda MTH. Desempenho em memória, compreensão oral e aprendizagem entre crianças com transtorno do déficit de atenção e hiperatividade e crianças com transtorno de ansiedade. Revista CEFAC [Internet].2018 [citado em 20 mar 2020]; 20(6):692-702. DOI: https://dx.doi.org/10.1590/1982-0216201820614218




DOI: https://doi.org/10.18554/refacs.v8i0.4573

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.