A IMPORTÂNCIA DAS PROVAS SIMULADAS PARA O APRENDIZADO E A PARTICIPAÇÃO EFETIVA DO MONITOR NESSA PRÁTICA.

Michele Maria Martins Vasconcelos, José Klauber Roger Carneiro, Maria Auxiliadora Silva Oliveira

Resumo


O simulado é uma pratica muito utilizada nos dias de hoje nas universidades, permitindo que os acadêmicos avaliem seus conhecimentos. Geralmente, esses simulados são realizado por acadêmicos-monitores, nos programas de monitoria, como um instrumento para a melhoria do ensino. Este artigo objetivou mostrar a importância da prática de simulados para o aprendizado de alunos de um curso de Medicina, na disciplina de Histologia Humana. Trata-se de um estudo quantitativo, descritivo, transversal, onde utilizou-se de um questionário que abordasse a percepção do aluno quanto a importância dessa prática, bem como avaliar a atuação do monitor nesse tipo de atividade pedagógica. De acordo com a portaria 510/16 do Ministério da Saúde, este tipo de trabalho dispensa apreciação do Comitê de Ética em Pesquisa com Humanos. Foi observado que 60% dos alunos afirmaram que a atividade de monitoria tiveram reflexo positivo sobre suas notas e 100% apontaram como tendo o aprendizado melhorada pelo auxílio da monitoria. Ainda foi observado que 70% asseguraram que a aplicação da gincana simulada lhe trouxe mais segurança, quando diante da prova real. De forma unânime, 100% dos alunos acreditam que essa é uma prática e se estender aos demais módulos. Esses resultados revelam que a atividade de monitoria é de grande importância nas atividades pedagógicas do ensino de graduação.

Palavras-chave


Simulado; Monitor; Aprendizagem

Texto completo:

PDF

Referências


ABREU, M. C. de; MASETTO, M. T. O professor universitário em sala de aula. São Paulo: Associados, 1989.

ASSIS, F.D, et al. Programa de monitoria acadêmica: percepções de monitores e

orientadores. Revista de Enfermagem. Uerj, 2006; jul.-set;14(3):391-397.

ANASTASIOU, L.; ALVES, L.P. Processos de ensinagem na universidade. Joinvile: ed. Univile. 2003.

BARBOSA, M.G.; AZEVEDO, M.E.O.; OLIVEIRA, M.C.A. de. Contribuições da monitoria acadêmica para o processo de formação inicial docente de licenciandas do curso de Ciências Biológicas da FACEDI/UECE. Revista da SBEnBio - Número 7 - Outubro de 2014.

CANDAU, V. M. F. A didática em questão e a formação de educadores-exaltação à negação: a busca da relevância. In: CANDAU, V. M. F. (org). A didática em questão. Petrópolis: Vozes, 1986, p. 12-22.

LINS, L. F.; FERREIRA, L. M. C.; FERRAZ, L. V.; CARVALHO, S. S. G. A importância da monitoria na formação acadêmica do monitor. In: JEPEX 2009 – IX Jornada de ensino, pesquisa e extensão da UFRPE, Recife, 2009. Disponível em:

Acesso em: agosto/2015.

LOPES, A.D. C. et al. A importância da aplicação de simulados de prova prática no módulo de Biologia do Desenvolvimento do curso de Medicina - percepção dos alunos. Anais...XVI Encontro de Iniciação à Docência. Fortaleza, 2016.

RIBEIRO, C.S.S. Exercícios simulados como opção de treinamento na área de segurança e saúde do trabalhador. (Monografia). Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho. UFRS. 2009.

SANTOS, S.M.; SANTOS, V.N. Monitoria em Serviço Social: importância para a formação profissional e para o exercício da docência. Anais...VI Colóquio Internacional Educação e Contemporaneidade. 2012.

SAVARIS, P.K.; REBERTE, A.; BERTOLUZZI, M.C.; SCHLEMPER JÚNIOR, B.; BONAMIGO, E.L. Julgamento simulado como estratégia de ensino da ética médica. Revista de Bioética. Vol. 21, n.1, p. 150-157, 2013.

SCHNEIDER, M.S.P.S. Monitoria: instrumento para trabalhar com a diversidade de conhecimento em sala de aula. In: Revista Eletrônica Espaço Acadêmico, v. Mensal, p.65.2006.Disponívelem: Acesso em: agosto/2015.

SOARES, S.K.F.; SILVA, S.M. Um novo olhar para o exercício da monitoria sob a disciplina bioquímica geral nos cursos de Agronomia, Ciências Biológicas e Zootecnia no CCA/UFPB. Anais...XI Encontro de Iniciação à Docência. UFPA, 2009.

SOUZA, P. R. A. A importância da monitoria na formação de futuros professores universitários. Âmbito Jurídico, v. 61, p. 1-8, 2009. Disponível em:

http://www.ambitojuridico.com.br/site/index.php?n_link=revista_artigos_leitura&artigo_id=5990.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.