A escola e a lógica do capital: formação de mão de obra qualificada e mercantilização da educação

Fábio Alexandre da Silva

Resumo


Este artigo tem por objetivo debater questões inerentes à realidade histórico-social da educação no Brasil, analisando a função das instituições educacionais a partir da ótica do capital, tentando explicitar o seu papel enquanto aparelho que se coloca a serviço de um Estado burguês, cuja legitimação da autoridade e dos interesses das classes majoritárias se sobrepõe aos interesses gerais da sociedade brasileira. Para tanto, foram realizadas uma pesquisa bibliográfica e uma revisão da literatura, tomando como aporte teórico autores como Louis Althusser, István Mészáros, Dermeval Saviani, Caio Prado Júnior e Naura Ferreira e Márcia Aguiar. O texto está estruturado em três partes, sendo que em um primeiro momento é apresentado um breve panorama sobre a trajetória da educação no Brasil a partir de Prado Júnior e Ferreira e Aguiar, com vistas para a contextualização e embasamento das discussões tecidas na sequência. Em seguida se discute o papel da educação enquanto reprodutora da lógica do capital disseminada pelo Estado em sua concepção burguesa, a partir das considerações de István Mészáros e Dermeval Saviani. Por fim é analisada a função ocupada e exercida pelas instituições educacionais através da perspectiva de análise de Louis Althusser. Assim, pôde-se concluir que a escola se apresenta tanto como aparelho ideológico de Estado quanto como instrumento de formação de mão de obra discente e docente para a sociedade capitalista, cujo objetivo maior é a preservação dos interesses das classes dominantes em detrimento dos anseios das classes minoritárias.

Palavras-chave


Educação; Escola; Formação; Mão de obra; Capital

Texto completo:

PDF

Referências


ALTHUSSER, Louis. Aparelhos ideológicos de estado. 2. ed. Rio de Janeiro: Graal, 1985.

BRASIL Escola. Escola nova e o movimento de renovação do ensino. Disponível em: . Acesso em: 29 maio 2018.

FERREIRA, Naura Syria Carapeto; AGUIAR, Márcia Angela da S. Gestão da educação: impasses, perspectivas e compromissos. 8. ed. São Paulo: Cortez, 2011.

MÉSZÁROS, István. A educação para além do capital. 2. ed. São Paulo: Boitempo, 2008.

OLIVEIRA, João Ferreira de. A função social da educação e da escola pública: tensões, desafios e perspectivas. In: FERREIRA, Elisa Bartolozzi; OLIVEIRA, Dalila Andrade (org.). Crise da escola e políticas educativas. Belo Horizonte: Autêntica, 2009.

PRADO JÚNIOR, Caio da Silva. Formação do Brasil contemporâneo. São Paulo: Brasiliense, 2004.

SAVIANI, Dermeval. Escola e democracia: para além da “teoria da curvatura da vara”. Germinal: marxismo e educação em debate, Salvador, v. 5, n. 2, p. 227-239, dez. 2013.

SAVIANI, Dermeval. Sobre a natureza e especificidade da educação. In: ______. Pedagogia histórico-crítica: primeiras aproximações. 9. ed. Campinas: Autores Associados, 2005. Cap. 1, p. 11-22.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.