CONTRIBUIÇÕES DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA E DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO PARA A IDENTIDADE PROFISSIONAL DE FUTUROS PROFESSORES DE CIÊNCIAS E BIOLOGIA

Janice Soares Anjos, Helen Cristina Pereira Silva, Luciana Resende Allain

Resumo


Este trabalho tem como objetivo investigar a influência do Estágio Supervisionado e do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) na identidade profissional docente de futuros professores de Ciências e Biologia. Para tanto, levantamos dados dos trabalhos produzidos sobre isso nos anais do IX Encontro Nacional de Pesquisa em Ensino de Ciências (IX ENPEC) e do V Encontro Nacional de Ensino de Biologia (V ENEBIO). Os trabalhos apontam que o Estágio Supervisionado e o PIBID são experiências formativas extremamente importantes para a construção e fortalecimento da identidade profissional dos futuros professores de Ciências e Biologia, o que traz como desafio o aprimoramento e valorização destas práticas na formação inicial dos professores.


Palavras-chave


identidade docente; licenciatura; professor

Texto completo:

PDF

Referências


ALLAIN, L.R.; DELGADO, P.C.S.; COUTINHO, F.A. O PIBID e sua relação com a identidade profissional de professores de Biologia em formação: uma abordagem a partir da Teoria Ator-Rede. In: Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, 9.,2013, Águas de Lindóia, SP. Anais eletrônicos... São Paulo: ENPEC, 2013.

ARAÚJO, R. S.; VIANNA, D. M. A carência de professores de Ciências e Matemática na educação básica e a ampliação das vagas no ensino superior. Ciência & Educação, Bahia, v. 17, n. 4, p. 807-822, set/mar.2011.

ARAÚJO, W. S. et al. Formação acadêmica e identidade profissional de formandos do curso de Ciências Biológicas do ICB/UFG. Revista Solta a Voz, Goiás, v. 18, n. 2. ago/out. 2007.

BRANDO, F. R.; CALDEIRA, A. M. A. Investigação sobre a identidade profissional em alunos de Licenciatura em Ciências Biológicas. Ciência &Educação,São Paulo, v. 15, n. 1, p. 155-73. Jul/fev. 2009.

BRASIL. INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA. Censo da Educação Superior: Principais resultados – 2016. Disponívelem:. Acesso em: 30 jan. 2019.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Parecer CNE/CP Nº28, de 02 de outubro de 2001. Nova redação ao Parecer CNE/CP 21/2001, que estabelece a duração e a carga horária dos cursos de Formação de Professores da Educação Básica, em nível superior, curso de licenciatura, de graduação plena.

CAPES. Universidade Abertas do Brasil - UAB. 2010. Disponível em:. Acesso em: 30 mai. 2014.

CAPES.Portaria nº 46, de 11 de abril de 2016. Aprova o Regulamento do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência – PIBID.Disponível em:. Acesso em: 30 mai. 2014.

CASTRO, S. M. V.; BRANDÃO, Z.; NASCIMENTO, I. P. Biólogo ou professor de biologia: um estudo entre estudantes do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas. In: Congresso nacional de Educação, 10., 2011, Curitiba. Anais...Curitiba, EDUCERE, 2011.

CERQUEIRA, S, V. S. C.; CARDOSO, L. R. Biólogo-professor: relação entre expectativas profissionais e concepções em torno da docência para licenciandos em Ciências Biológicas. Contexto & Educação,n. 84, p. 143-160, Jul./Dez. 2010.

CHAMON, M. Trajetória da feminização do magistério: Ambiguidades e Conflitos. Belo Horizonte: Autêntica, 2005.

DEB. Diretoria de Formação de Professores da Educação Básica - Relatório de Gestão 2009-2012. Brasília: CAPES, 2012.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.