O ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA)

Marcia Fernanda de Oliveira Silva, Wilson da Silva, Marcia Regina Mocelin

Resumo


A formação docente é um processo em que são incorporadas diversas praticas, dentre elas está o estágio supervisionado é um componente curricular obrigatório, visto que se torna imprescindível exercitar os conhecimentos teóricos adquiridos durante o curso de Pedagogia, colocando-os em pratica.  Nesse sentido, ao buscarmos o significado da palavra estágio, podemos observar conforme o dicionário Houaiss a seguinte definição “período de prática em posto, serviço ou empresa para que um médico, um advogado etc. se habilite a exercer bem sua profissão.”. No entanto conforme o parecer CNE/CEB 35/2003, os magistrados apontam que:


Palavras-chave


educação

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Ministério da Educação. Normas para a organização e realização de estágio de alunos do Ensino Médio e da Educação Profissional. Parecer número 30 aprovado em 05/11/2003. Relatores: Francisco Aparecido Cordão e Ataíde Alves. Brasília. 46p. Diário Oficial da União de 20/1/2004. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/pceb35_03.pdf Acesso em: 10/05/2018.

FREIRE. P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à pratica educativa. São Paulo: Paz e Terra, 2002.

GALLO, S. Corpo ativo e a filosofia. In: MOREIRA,W.(org.) Século XXI: A era do corpo ativo.Campinas, SP:Papirus,2006.

HOUAISS, A. Dicionário Português Houaiss da língua portuguesa. Rio de Janeiro: Objetiva. Versão 1.0. 1 [CD-ROM]. 2001.

JOÃO, R. B.; BRITO, M. Pensando a corporeidade na prática pedagógica em educação física à luz do pensamento complexo. Rev. bras. Educ. Fís. Esp., São Paulo, v.18, n.3, p.263-72, jul./set, 2004.

MORIN. E. A via: Para o futuro da humanidade. Rio de Janeiro: Bertand Brasil. 2013.

NÓBREGA, T. P. Uma fenomenologia do corpo. São Paulo: Editora livraria da Física, 2010.

REZENDE, A.M. Concepção fenomenológica da educação. São Paulo: Cortez, 1990.

RÖHRS, H. Maria Montessori; tradução: Danilo Di Manno de Almeida, Maria Leila Alves. – Recife: Fundação Joaquim Nabuco, Editora Massangana, 2010.

ZYLBERBERG, T. P. Possibilidades corporais como expressão da inteligência humana no processo de ensino-aprendizagem - Campinas, SP: [s.n], 2007.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.