Análise diagnóstica de produção de texto

Melina de Paulo

Resumo


O objetivo deste estudo é apresentar uma análise diagnóstica de produção textual de alunos do 7º ano do Ensino Fundamental de uma escola pública do município de Conquista M.G. A metodologia de estudo foi uma pesquisa participante, na qual foi solicitado aos alunos que produzissem um texto dissertativo-argumentativo com o tema solidariedade. As produções foram analisadas e foi possível verificar que apresentam algumas dificuldades na construção da progressão, principalmente, no que diz respeito à coesão, coerência, intencionalidade, aceitabilidade, situacionalidade, intertextualidade e informalidade. A análise dos textos demonstrou que o professor de língua portuguesa precisa orientar os alunos na prática da leitura, pois assim, terão maiores chances de realizarem uma produção textual com maior sucesso, desenvoltura e criticidade. A proposta de intervenção realizada com alunos do sétimo ano do ensino fundamental culminou na realização de uma produção sobre o tema solidariedade. No entanto, além de estudo sobre o tema, também realizaram uma atividade prática, na qual, puderam ajudar uma família da comunidade local, em condições de vulnerabilidade econômico-social. Puderam realizar um ato solidário e assim, tiveram maior condição de escrever sobre o tema, pois foi construída, na prática, a argumentação.


Palavras-chave


Diagnóstico, Aprendizagem, Escrita.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, Carlos Drummond. Quadrilha. Alguma poesia. Belo Horizonte: Pindorama, 1930.

ANTUNES, Irandé. Lutar com palavras: coesão e coerência. São Paulo: Parábola editorial, 2005.

ANTUNES, Irandé. Muito além da gramática: por um ensino de línguas sem pedras no caminho. São Paulo: Parábola Editorial, 2007.

ANTUNES, Irandé. Análise de Textos: fundamentos e práticas. São Paulo: Parábola Editorial, 2010.

ANTUNES, Irandé. Aula de português: encontro e interação. São Paulo: Parábola Editorial, 2003.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular: Educação Infantil e Ensino Fundamental. Brasília: MEC/Secretaria de Educação Básica, 2017.

BRASIL.. Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs). Língua Portuguesa. Ensino Fundamental. Terceiro e quarto ciclos. Brasília: MEC/SEF, 1998.

GERALDI, João Wanderley. Portos de passagem. 4ªEd. São Paulo: Martins Fontes, 1997.

GERALDI, João Wanderley. Unidades básicas do ensino de português. In: ______. O texto na sala de aula. São Paulo: Ática, 1997.

KOCH, Ingedore G. Villaça; ELIAS, Vanda Maria. Ler e compreender: os sentidos do texto. 3ª ed., 1ª reimpressão. – São Paulo: Contexto, 2010.

KOCH, Ingedore G.V; TRAVAGLIA Luiz Carlos. A coerência textual. São Paulo: Contexto, 2010.

KOCH, Ingedore Villaça. A coesão textual. 10.ed. São Paulo: Contexto, 1998.

KOCH, Ingedore Villaça. O texto e a construção dos sentidos. São Paulo: Contexto, 1997.

LEITURAS e histórias: Maria Angula. Disponível em: . Acesso em: 18 agosto 2019.

LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da Aprendizagem – Componente do ato pedagógico. CORTEZ Editora, 2011.

MARCUSCHI, L.A. Produção de texto, análise de gêneros e compreensão. São Paulo: Parábola Editorial, 2008.

MENDONÇA, M. Análise linguística no ensino médio: um novo olhar, um outro objeto. In: BUNZEN, C.; MENDONÇA, M. Português no ensino Médio e formação do professor. São Paulo: Parábola Editorial, 2006.

PORTA DOS FUNDOS. Problemas linguísticos. 2015. (02m15s). Disponível em https://www.youtube.com/watch?v=j-PSnhvG5fQ. Acesso em: 18 ago. 2018.

SABINO, Fernando. O menino no espelho. Rio de Janeiro: Record, 2009.

SCHMIDT, S. Linguística e teoria do texto – os problemas de uma linguística voltada para a comunicação. Tradução Ernst F. Schurmann, 1978.

VAL, Maria da Graça Costa. Redação e Textualidade. 1. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1991.




DOI: https://doi.org/10.18554/ifd.v7i1.4605

Apontamentos

  • Não há apontamentos.