Vivências na formação docente em geografia: conhecendo o espaço escolar e os sujeitos da sala de aula no estágio supervisionado.

Guilherme Matos de Oliveira

Resumo


Este texto tem o intuito de elucidar as experiências que nos foram oportunizadas ao conhecermos o espaço escolar e os sujeitos da sala de aula na etapa de observação no estágio supervisionado do curso de Licenciatura em Geografia da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB). Na composição deste texto, nos amparamos com as reflexões teóricas de Pimenta e Lima (2006), Pontuschka et al. (2009), Kimura (2010), dentre outros autores que nos auxiliam na compreensão da temática em questão, na qual evidenciamos tanto o contexto estrutural da escola em suas características físicas, quanto a realidade conjuntural da instituição, ressaltando as ações desempenhadas pelos sujeitos que nela se encontram, e mais especificamente, das práticas pedagógicas desenvolvidas pela professora de Geografia da turma onde realizamos nossas atividades de regência, bem como a realidade social dos alunos desta classe, e suas perspectivas dentro e fora da escola. Podemos afirmar que a experiência da observação levou-nos ao questionamento de como viabilizarmos nossas práticas em sala de aula no período da regência, sendo que esta etapa do estágio fomentou a busca de possibilidades metodológicas de intervenção que coadunassem ao perfil da turma onde desenvolveríamos nossas práticas pedagógicas, no propósito de relacionar mais profundamente os conteúdos trabalhados à realidade de cada aluno, objetivando despertar nos mesmos a curiosidade de entenderem o real concreto a partir do que se estuda na Geografia, ao passo que alcançamos os resultados esperados, e claro, com a colaboração de todos os pares envolvidos neste processo.

Palavras-chave


Escola; Estágio Supervisionado; Geografia

Texto completo:

PDF

Referências


KIMURA, Shoko. Geografia no ensino básico: questões e propostas. 2ª ed. São Paulo: Contexto, 2010.

PIMENTA, Selma Garrido; LIMA, Maria Socorro Lucena. Estágio e docência: diferentes concepções. Poíesis Pedagógica, Catalão, v. 3, n. 3 e 4, p. 5-24, 2006.

PONTUSCHKA, Nídia Nacib et al. Para ensinar e aprender Geografia. 3ª ed. São Paulo: Cortez, 2009.

RICHTER, Denis. Os desafios da formação do professor de Geografia: o estágio supervisionado e sua articulação com a escola. In: SILVA, Eunice Isaias da; PIRES, Lucineide Mendes (Orgs.). Desafios da didática de Geografia. Goiânia: Ed. da PUC Goiás, 2013, p.107-122.

SILVA, Nubelia Moreira da; ARAGÃO, Raimundo Freitas. A observação como prática pedagógica no ensino de geografia. Geosaberes, Fortaleza, v. 3, n. 6, p. 50-59, jul. / dez. 2012.




DOI: https://doi.org/10.18554/ifd.v7i2.4256

Apontamentos

  • Não há apontamentos.