Análise discursiva de um diário de campo de estágio supervisionado em matemática

Iara Aparecida Garcia

Resumo


O objetivo deste artigo será analisar a escrita de um diário de campo de um aluno do curso de licenciatura em Matemática da UFTM[1] com vistas a verificar traços definidores dessa produção no que diz respeito à construção textual e discursiva do objeto de discurso – as metodologias de ensino do professor observado e as interações em sala de aula. Esta é uma pesquisa qualitativa que está sendo desenvolvida como pesquisa de campo e pesquisa documental. Assim, é característica fundamental, na construção das análises e reflexões teóricas, que se leve em consideração o contexto de produção da pesquisa. Terá objetivos descritivos, interpretativos e avaliativos, uma vez que, conforme os objetivos propostos, trata-se de descrever as práticas de escrita de sujeitos em formação acadêmica. Nessa perspectiva, analisaremos como o estagiário vê e descreve as aulas no qual observou. Discutiremos traços encontrados nos textos que apontem para uma relação produtiva do sujeito com as instâncias às quais se dirige em seu texto e com aquilo que é tomado como objeto de seu discurso e trabalhado nesses textos. Nosso trabalho será embasado nas teorias de Bakhtin, com a temática do eu e o outro, Barbosa e Fairchild, sobre a importância do estágio para formação dos futuros professores, Geraldi como se da à estrutura escola, aula, aluno.


[1] Universidade Federal do Triângulo Mineiro


Palavras-chave


Diário, Analise Discurso, Formação de professor, Ensino

Texto completo:

PDF

Referências


Esteban, Maria Paz Sandín. Pesquisa qualitativa em educação: fundamentos e tradições / Maria Paz Sandin Esteban: tradução Miguel Cabrera. – Porto Alegre: AMGH, 2010

GERALDI, João Wanderley (org.). Portos de passagem. São Paulo: Martins Fontes, 1991.

MORAES, Dione Dione Márcia Alves de; FAIRCHILD, Thomas Massao. A produção escrita do professor de língua portuguesa em formação da UFPA Campus Marajó-Breves. Entrepalavras, Fortaleza, v. 7, p. 519-532, jan./jun. 2017.

Universidade Federal do Triângulo Mineiro. MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA Vigência a partir de 2018/2 º semestre disponível em: https://sistemas.uftm.edu.br/integrado/sistemas/pub/publicacao.html?secao=334&publicacao=1997Acesso em 06 de janeiro de 2020.

Universidade Federal do Triângulo Mineiro. Projeto político pedagógico do curso de licenciatura em matemática ano 2019 disponível em: https://sistemas.uftm.edu.br/integrado/sistemas/pub/publicacao.html?secao=306&publicacao=770 Acesso em 06 de janeiro de 2020.




DOI: https://doi.org/10.18554/ifd.v7i2.4815

Apontamentos

  • Não há apontamentos.