A DISCICPLINA PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO E A FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES: TECENDO REFLEXÕES

Luciana Guimarães Pedro

Resumo


A disciplina Psicologia da Educação surge na década de 60 com a expectativa de que possibilitar aosfuturos professores acesso a conhecimentos sobre o desenvolvimento humano e o processo de ensinoaprendizagem, pudesse ser útil para superar grande parte das dificuldades enfrentadas na escola.Entretanto, pesquisadores têm mostrado que a referida disciplina tem colaborado de modoquestionável na formação inicial dos professores. Considerando isto e as vivências como docente nareferida disciplina, este trabalho tem como objetivo promover reflexões acerca do modo como osconhecimentos da Psicologia têm sido articulados à Educação. Limitando-se a um estudo de caráterqualitativo amparado pela pesquisa bibliográfica o texto apresentado traz como reflexões algumasconsiderações sobre a disciplina Psicologia da Educação e suas contribuições com a formação doslicenciados se atentado mais especificamente à questão da atualização dos conteúdos trabalhados emsala de aula e à relação professor e estudante.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18554/rt.v9i1.1713

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



A Revista Triângulo é signatária da DECLARAÇÃO DO MÉXICO - Declaração Conjunta LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT que recomenda o uso da licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual (CC BY-NC -SA, em inglês) para garantir a proteção da produção acadêmica e científica regional em Acesso Aberto. 

Triangulo Journal is signatory of MEXICO DECLARATION - LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT Joint Declaration recommending the use of the license to ensure the protection of academic production and regional scientific research in Open Access.

La Revista Triangulo es signataria de la DECLARACIÓN DE MÉXICO - Declaración Conjunta LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT que recomienda el uso de la licencia Creative Commons Asignación-NoComercial-CompartirIgual (CC BY-NC -SA, en inglés) para garantizar la protección de la producción académica y científica regional en Acceso Abierto.