FORMAÇÃO DE PROFESSORES E REPRESENTAÇÕES SOCIAIS SOBRE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

Fernanda Duarte Araújo Silva

Resumo


O presente artigo expõe dados de uma pesquisa desenvolvida no curso ministrado a professores da rede pública brasileira, denominado Curso de Aperfeiçoamento em Atendimento Educacional Especializado para Pessoas Surdas, oferecido na modalidade a distância, na Universidade Federal de Uberlândia (UFU), em parceria com o Centro de Ensino, Pesquisa, Extensão e Atendimento em Educação Especial (CEPAE).  O curso foi desenvolvido integralmente na modalidade de educação à distância, via Web, utilizando o Ambiente Virtual de Aprendizagem MOODLE.  Temos como objetivo analisar e discutir as representações sociais dos participantes do Curso de Aperfeiçoamento Educacional Especializado para Alunos Surdos, sobre Educação a Distância (EAD). Assim, apreciamos algumas “falas” dos cursistas nos fóruns realizados em turmas do referido curso. Fundamentando-nos com as orientações e pressupostos das representações sociais na perspectiva moscoviciana. Percebemos que questões sobre autonomia, democratização e espaço geográfico, são apontadas como as principais características da EAD nas representações dos sujeitos pesquisados.  


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18554/rt.v9i1.1722

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



A Revista Triângulo é signatária da DECLARAÇÃO DO MÉXICO - Declaração Conjunta LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT que recomenda o uso da licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual (CC BY-NC -SA, em inglês) para garantir a proteção da produção acadêmica e científica regional em Acesso Aberto. 

Triangulo Journal is signatory of MEXICO DECLARATION - LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT Joint Declaration recommending the use of the license to ensure the protection of academic production and regional scientific research in Open Access.

La Revista Triangulo es signataria de la DECLARACIÓN DE MÉXICO - Declaración Conjunta LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT que recomienda el uso de la licencia Creative Commons Asignación-NoComercial-CompartirIgual (CC BY-NC -SA, en inglés) para garantizar la protección de la producción académica y científica regional en Acceso Abierto.