A FORMAÇÃO DE PROFESSORES ENTRE 1940 A 1956 NO COLÉGIO TRIÂNGULO MINEIRO EM UBERABA (MG)

Edilene Alexandra Leal Soares

Resumo


Este artigo se utiliza de documentos do Centro de Documentação Mário Palmério e Superintendência Regional de Ensino de Uberaba entre 1940 a 1956 sobre o Colégio Triângulo Mineiro que funcionou na cidade de Uberaba-MG, abordando normas e condutas aos professores, que era composto principalmente por homens. As normas impunham ordem no âmbito da instituição e também controlavam o comportamento dos professores fora do ambiente escolar, estabelecendo assim, o perfil de profissionais que a instituição educativa exigia para o exercício do magistério. Os professores possuíam uma conduta ilibada o que influenciaria no trato para com os alunos, sendo, portanto, exemplo para esses. Desta maneira, este trabalho pretende somar-se a outros estudos relacionados ao gênero e profissão docente, apresentando dados para compreender a formação deste profissional.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18554/rt.v9i1.1726

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



A Revista Triângulo é signatária da DECLARAÇÃO DO MÉXICO - Declaração Conjunta LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT que recomenda o uso da licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual (CC BY-NC -SA, em inglês) para garantir a proteção da produção acadêmica e científica regional em Acesso Aberto. 

Triangulo Journal is signatory of MEXICO DECLARATION - LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT Joint Declaration recommending the use of the license to ensure the protection of academic production and regional scientific research in Open Access.

La Revista Triangulo es signataria de la DECLARACIÓN DE MÉXICO - Declaración Conjunta LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT que recomienda el uso de la licencia Creative Commons Asignación-NoComercial-CompartirIgual (CC BY-NC -SA, en inglés) para garantizar la protección de la producción académica y científica regional en Acceso Abierto.