As contribuições da Educação Física na formação intercultural de professores indígenas na UFG

Tiago Onofre da Silva, Francisco Luiz de Marchi, Wilson Luiz Lino de Sousa

Resumo


No presente artigo pretende-se relatar uma experiência com o processo de formação de professores indígenas, no âmbito da educação física, realizado na Faculdade de Educação Física em janeiro de 2009. A formação de professores indígenas – Licenciatura Intercultural – é organizada pela Faculdade de Letras da UFG, tendo por objetivo a formação de professores para atuarem no ensino fundamental e médio das escolas indígenas. Dentre os conteúdos tratados no currículo do referido curso se encontra o tema contextual esporte e lazer, parte integrante da matriz de formação básica do professor.  O texto ora apresentado se refere aos processos formativos do professor indígena, no que tange às trocas interculturais de conhecimentos acerca das manifestações da cultura corporal, em especial no esporte e lazer, tendo como metodologia norteadora do processo a pedagogia histórico-crítica.


Texto completo:

PDF

Referências


COLETIVO DE AUTORES. Metodologia de Ensino de Educação Física. São Paulo: Cortez, 1992.

GASPARIN, João Luiz. Uma didática para a Pedagogia Histórico-Crítica. Campinas: Autores Associados, 2002.

KUNZ, Elenor. Transformação Didático-Pedagógica do Esporte. Ijuí: Uniu, 1994.

SAVIANI, Demerval. Pedagogia Histórico-critica: primeiras aproximações. São Paulo: Cortez, 2000.

SAVIANI, Demerval. Educação Socialista, Pedagogia Histórico-Crítica e os Desafios da Sociedade de Classes. In: Marxismo e Educação: Debates Contemporâneos. Campinas, SP: Autores Associados, 2005.




DOI: https://doi.org/10.18554/rt.v11i3.2625

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista Triângulo

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

A Revista Triângulo é signatária da DECLARAÇÃO DO MÉXICO - Declaração Conjunta LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT que recomenda o uso da licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual (CC BY-NC -SA, em inglês) para garantir a proteção da produção acadêmica e científica regional em Acesso Aberto. 

Triangulo Journal is signatory of MEXICO DECLARATION - LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT Joint Declaration recommending the use of the license to ensure the protection of academic production and regional scientific research in Open Access.

La Revista Triangulo es signataria de la DECLARACIÓN DE MÉXICO - Declaración Conjunta LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT que recomienda el uso de la licencia Creative Commons Asignación-NoComercial-CompartirIgual (CC BY-NC -SA, en inglés) para garantizar la protección de la producción académica y científica regional en Acceso Abierto.