Diálogo e alteridade: a extensão na transversalidade do ensino superior

Thiago Henrique Barnabé Corrêa

Resumo


O presente texto busca promover uma leitura da extensão como componente formativo no ensino superior, considerando as cinco diretrizes que a norteiam, as quais são descritas na Política Nacional de Extensão Universitária (2012) e reiteradas nas Diretrizes para as Políticas de Extensão da Educação Superior Brasileira (2018): interação dialógica; interdisciplinaridade e interprofissionalidade; indissociabilidade ensino-pesquisa-extensão; impacto na formação do estudante; e, impacto e transformação social. A pertinência deste trabalho está na necessidade de se entender o papel central da universidade no século XXI, bem como sua função social e potencializadora na formação dos estudantes, adotando esta como uma possível lente de análise capaz de intervir em benefício coletivo.


Palavras-chave


extensão. formação universitária. transformação social.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Política Nacional de Extensão Universitária, 2012. Disponível em: http://proex.ufsc.br/files/2016/04/Pol%C3%ADtica-Nacional-de-Extens%C3%A3o-Universit%C3%A1ria-e-book.pdf. Acesso em: 01 set. de 2018.

CALDERÓN, A. I. Extensão universitária: institucionalização sem exclusão. Revista Educação Superior. Piracicaba: EDUNIMEP, v. 53, p. 36-38, 2003.

FREIRE, P. Extensão ou comunicação? São Paulo: Paz e Terra, 2015.

FERNANDES, F. A democratização do ensino. In: BARROS, R. S. M. de (org). Diretrizes e Bases da Educação Nacional. São Paulo: Pioneira, p. 162-164, 1966.

GADOTTI, M. Extensão universitária: para quê? Artigo exclusivo, Instituto Paulo Freire, 2017. Disponível em: http://www.paulofreire.org/images/pdfs/Extens%C3%A3o_Universit%C3%A1ria_-_Moacir_Gadotti_fevereiro_2017.pdf. Acesso em: 05 out. de 2018.

GARCIA, P. B. Paradigmas em crise e educação. In: BRANDÃO, Z. (org.) Crise de paradigmas e educação. São Paulo: Cortez, 1995.

MONTEIRO, E.; SACRAMENTO, L. Para repensar a extensão universitária: contribuição do diálogo entre Paulo Freire e Boaventura de Souza Santos. Anais... Universidad del Litoral: Argentina, 2010. Disponível em: https://www.unl.edu.ar/iberoextension/dvd/archivos/ponencias/mesa2/para-repensar-a-extensao-uni.pdf. Acesso em: 05 out. de 2018.

PAULA, J. A. de. A extensão universitária: história, conceito e propostas. Interfaces - Revista de Extensão, v. 1, n. 1, p. 05-23, jul./nov., 2013.

SANTOS, B. de S. A Universidade no século XXI: para uma reforma democrática e emancipatória da Universidade. São Paulo: Cortez, 2010.




DOI: https://doi.org/10.18554/rt.v0i0.3560

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Triângulo

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

A Revista Triângulo é signatária da DECLARAÇÃO DO MÉXICO - Declaração Conjunta LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT que recomenda o uso da licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual (CC BY-NC -SA, em inglês) para garantir a proteção da produção acadêmica e científica regional em Acesso Aberto. 

Triangulo Journal is signatory of MEXICO DECLARATION - LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT Joint Declaration recommending the use of the license to ensure the protection of academic production and regional scientific research in Open Access.

La Revista Triangulo es signataria de la DECLARACIÓN DE MÉXICO - Declaración Conjunta LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT que recomienda el uso de la licencia Creative Commons Asignación-NoComercial-CompartirIgual (CC BY-NC -SA, en inglés) para garantizar la protección de la producción académica y científica regional en Acceso Abierto.