Análise discursiva dos memes sobre o sujeito professor

Thyago Madeira França, Wânia Gomes Mariano Vieira

Resumo


Traçamos como objetivo analisar os memes e o enunciado verbo-visual sobre o sujeito professor, considerando os possíveis diálogos sobre a identidade docente. Esta análise apresenta algumas reflexões teóricas fundamentadas no Círculo de Bakhtin para análise e compreensão do enunciado verbo-visual a partir de materialidades discursivas dos memes, pesquisados no Facebook sobre a temática do sujeito professor e os estereótipos formados a partir dos diversos efeitos de sentido que emanam dos enunciados dos memes. Os estereótipos como representações sociais cristalizadas podem levar o sujeito a ter sua identidade representada de forma pejorativa no meio social. Temos como orientação principal o eixo discursivo-dialógico-ideológico da linguagem. Desse modo, nos ancoramos nas reflexões teórico-metodológicas partindo das concepções de diálogo, interação verbal, gênero discursivo e enunciado (BAKHTIN, 1997, 2011; VOLÓCHINOV, 2017), e estereótipo (AMOSSY, 2008). Nessa perspectiva, os enunciados verbo-visuais dos memes que versam sobre a temática docente permitem compor determinadas situações discursivas quenão corroboram para a construção de uma imagem forte e promissora sobre o sujeito professor.

Palavras-chave


Gênero; Meme; Professor; Discurso

Texto completo:

PDF

Referências


AMOSSY, Ruth. (Org.). Imagens de si no discurso: a construção do ethos. Tradução de Dilson Ferreira da Cruz, Fabiana Komesu e Sírio Possenti. 1ª ed. São Paulo: Contexto, 2008.

BAKHTIN, M. Estética da criação verbal. Tradução: Paulo Bezerra. 6. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2011.

BAKHTIN, M. Estética da criação verbal. Tradução: Maria E. G. G. Pereira. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1997.

DAWKINS, R. (1976) O gene egoísta. Tradução de Rejane Rubino. São Paulo: Companhia das Letras, 2007. Disponível em: http://docs11.minhateca.com.br/1037393974,BR,0,0,O-Gene-Egoista-RichardDawkins.pdf. Acesso em: 20 jun. 2017.

PROFESSORA SINCERA. Professora Marilyn. São Paulo, 03 mar. 2017. Facebook: Professora Sincera. Disponível em: www.facebook.com/professorasincera/photos/a.297801377080019.1073741827.297798820413608/575984849261669/?type=3&theater. Acesso em Mai. de 2017.

PROFESSORA SINCERA. Professor Esqueleto. São Paulo, 18 mar. 2017. Facebook: Professora Sincera. Disponível em: www.facebook.com/professorasincera/photos/a.297801377080019.1073741827.297798820413608/582461321947355/?type=3&theater. Acesso em Mai. de 2017.

STAFUZZA, G. B. Contribuições do pensamento do Círculo de Bakhtin para os estudos discursivos contemporâneos: o discurso machista na mídia humorística feminina. In: PAULA, Luciane de. (Org.). Discursos em perspectiva: humanidades dialógicas. Campinas: Mercado de Letras, 2014, p.135-156.

MAINGUENEAU, Dominique. Cenas da Enunciação. Tradução de Maria Cecília Pérez de Souza-E-Silva [et al.]. 1ª ed. São Paulo: Parábola, 2008.

VIEIRA, W. G. M. O enunciado verbo-visual de memes sobre o sujeito professor: diálogos sobre a identidade docente. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Goiás, Unidade Especial Acadêmica de Letras e Linguística, Catalão, Programa de Pós Graduação em Estudos da Linguagem, Catalão, 2018.

VOLÓCHINOV, V. N. Marxismo e Filosofia da Linguagem: Problemas fundamentais do método sociológico na ciência da linguagem. Tradução de Sheila Grillo e Ekaterina Vólkova Américo. São Paulo: Editora 34, 2017.

VOLOSHINOV, Valentin Nikolaevich. A estrutura do enunciado. Trad. de Ana Vaz, para fins didáticos, com base na tradução francesa de Tzevan Todorov (“La structure de l’énoncé, 1930). In: TODOROV, Tzvetan. Mikhail Bakhtine: le principedialogique. Paris: Seuil, 2005. p. 287 -316.




DOI: https://doi.org/10.18554/rt.v0i0.3821

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Triângulo

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

A Revista Triângulo é signatária da DECLARAÇÃO DO MÉXICO - Declaração Conjunta LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT que recomenda o uso da licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual (CC BY-NC -SA, em inglês) para garantir a proteção da produção acadêmica e científica regional em Acesso Aberto. 

Triangulo Journal is signatory of MEXICO DECLARATION - LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT Joint Declaration recommending the use of the license to ensure the protection of academic production and regional scientific research in Open Access.

La Revista Triangulo es signataria de la DECLARACIÓN DE MÉXICO - Declaración Conjunta LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT que recomienda el uso de la licencia Creative Commons Asignación-NoComercial-CompartirIgual (CC BY-NC -SA, en inglés) para garantizar la protección de la producción académica y científica regional en Acceso Abierto.