O planejamento pedagógico nos cursos de graduação da UFTM

Eliana Helena Corrêa Neves Salge, Giselle Abreu de Oliveira, Liliane Carla Campos, Camila Cunha Oliveira Giordani

Resumo


O presente artigo tem por objetivo analisar, à luz de referenciais teóricos que abordam o planejamento no âmbito educacional, a primeira experiência de Planejamento Pedagógico Semestral, realizada pelos cursos de graduação da Universidade Federal do Triângulo Mineiro, após a publicação de normativa que institui a obrigatoriedade de tal atividade. A discussão se faz necessária tendo em vista a importância do planejamento para o processo ensino-aprendizagem e a necessidade de fomentar reflexões que contribuam para que os sujeitos se comprometam com o planejamento coletivo participativo. Assim, a partir de pesquisa bibliográfica, análise documental e dados coletados em questionário semi-aberto, pudemos confirmar a importância do planejamento pedagógico no âmbito dos cursos de graduação e perceber que a participação dos sujeitos constitui um dos maiores entraves para sua efetiva realização.


Palavras-chave


Planejamento Pedagógico. Projeto Pedagógico. Cursos de Graduação.

Texto completo:

PDF

Referências


ALARCÃO, Isabel. Prefácio. In: BROILO, Cecília Luiza. Assessoria pedagógica na universidade: (com) formando o trabalho docente. Araraquara: Junqueira e Marin, 2015.

ARRUDA, Heloisa Paes de Barros. Planejamento e plano de aula na educação: histórico e a prática de dois professores. Educativa, Goiânia, v.18, n.1, jan./jun. 2015.

BRASIL. Resolução CONAES n.º 01, de 17 de junho de 2010. Institui o Núcleo Docente Estruturante. Brasília, 2010.

HAAS, Célia Maria. Projetos pedagógicos nas instituições de educação superior: aspectos legais na gestão acadêmica. RBPAE – v.26, n.1, p.151-171, jan./abr. 2010.

LEAL, Regina Barros. Planejamento de ensino: peculiaridades significativas. Revista Iberoamericana de Educación, Fortaleza, v. 37, n.3, 1-7, 2005. Disponível em: . Acesso em: 25 jul. 2019.

MACHADO, Nilson José. Educação: projetos e valores. 6.ed. São Paulo: Escrituras Editora, 2006.

MORIN, Edgar. A cabeça bem-feita: repensar a reforma, reformar o pensamento. Tradução Eloá Jacobina. 9. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2004.

NETO, João Cabral de Melo. A educação pela pedra. São Paulo: Nova Fronteira, 1965.

PARENTE, José. Planejamento estratégico na educação. 3.ed. Brasília: Liber Livro, 2010.

PRADO, Maria Elisabette Brisola Brito. Pedagogia de projetos: fundamentos e implicações. In: ALMEIDA, Maria Elizabeth Bianconcini de; MORAN, José Manuel (Org.). Integração das tecnologias na educação. Brasília: Ministério da Educação/SEED/TV Escola/Salto para o Futuro, 2005. cap. 1, artigo 1.1, p. 12-17.

UFTM. Decisão Normativa n.º 24/2018. Uberaba: UFTM, 2018a.

UFTM. Minuta do PPI/UFTM 2017-2021. Uberaba: UFTM, 2018b.

VASCONCELLOS, Celso dos Santos. Planejamento: projeto de ensino-aprendizagem e projeto político pedagógico. São Paulo: Libertad Editora, 2007.

VEIGA, Ilma Passos. (Org.). Projeto político-pedagógico da escola: uma construção possível. Campinas: Papirus, 2004.

VEIGA, Ilma Passos. (Org.). Projeto político-pedagógico da escola: uma construção possível. 14.ed. Campinas: Papirus, 2002. Disponível em: . Acesso em: 14 mar. 2019.




DOI: https://doi.org/10.18554/rt.v0i0.3879

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Triângulo

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

A Revista Triângulo é signatária da DECLARAÇÃO DO MÉXICO - Declaração Conjunta LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT que recomenda o uso da licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual (CC BY-NC -SA, em inglês) para garantir a proteção da produção acadêmica e científica regional em Acesso Aberto. 

Triangulo Journal is signatory of MEXICO DECLARATION - LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT Joint Declaration recommending the use of the license to ensure the protection of academic production and regional scientific research in Open Access.

La Revista Triangulo es signataria de la DECLARACIÓN DE MÉXICO - Declaración Conjunta LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT que recomienda el uso de la licencia Creative Commons Asignación-NoComercial-CompartirIgual (CC BY-NC -SA, en inglés) para garantizar la protección de la producción académica y científica regional en Acceso Abierto.