A EXTENSÃO NA MEDIAÇÃO FAMILIAR

Carmen Lúcia Carvalho de Souza, Claudete Marlene Fries Bressan, Deisemara Turatti Langoski, Eduardo Baldissera Carvalho Salles, Fabiane Ribeiro, Nuely Fatima Seabra

Resumo


O Serviço de Mediação Familiar destina-se à população hipossuficiente da Comarca de Chapecó, que encontram-se em situação de conflito familiar. Constitui-se em um espaço qualificado de reflexão e ressignificação do conflito pelos envolvidos no impasse, como também espaço privilegiado de formação profissional em uma perspectiva interdisciplinar. Os interessados, por intermédio da comunicação e da escuta qualificada, mediados por acadêmicos dos cursos do Direito, Serviço Social e Psicologia, são estimulados a se corresponsabilizar nas decisões de suas dificuldades. A prática extensionista possibilita a transformação dos sujeitos usuários e acadêmicos, à medida que oferece para estes uma formação científica, ética e cidadã, comprometida com os valores humanos.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18554/rt.v7i1.494

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



A Revista Triângulo é signatária da DECLARAÇÃO DO MÉXICO - Declaração Conjunta LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT que recomenda o uso da licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual (CC BY-NC -SA, em inglês) para garantir a proteção da produção acadêmica e científica regional em Acesso Aberto. 

Triangulo Journal is signatory of MEXICO DECLARATION - LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT Joint Declaration recommending the use of the license to ensure the protection of academic production and regional scientific research in Open Access.

La Revista Triangulo es signataria de la DECLARACIÓN DE MÉXICO - Declaración Conjunta LATINDEX-REDALYC-CLACSO-IBICT que recomienda el uso de la licencia Creative Commons Asignación-NoComercial-CompartirIgual (CC BY-NC -SA, en inglés) para garantizar la protección de la producción académica y científica regional en Acceso Abierto.