Eleições 2018 e escritas na mídia: processos de produção de sentidos do enunciado “#ELENÃO”

Maria Deusa Brito de Sousa Apinagé, Janete Silva dos Santos

Resumo


Este artigo apresenta uma reflexão sobre processos de produção de sentidos do enunciado #ELENÃO, texto escrito circulado nas mídias sociais durante a campanha de candidatura do deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) à presidência da República. A escrita nas redes sociais, em período eleitoral, favorece aos internautas o apelo a slogans instantâneos que sintetizam ideários que os unem fortemente em um propósito conforme sua inclinação sociopolítica. A fim de analisar o funcionamento discursivo dessa materialidade significante, buscamos compreendê-la a partir das contribuições da Análise de Discurso de linha francesa pecheutiana, teoria de interpretação que pode ser aplicada a diferentes textos, em específico, neste trabalho, ao enunciado em questão. As reflexões produzidas no percurso de análise, sobre o enunciado #ELENÃO, apontam como os sentidos se constroem continuamente e não se fecham, numa relação entre a repetição e a possibilidade de o sentido ser outro, visto que, neste caso específico, essa materialidade está sujeita sempre a novas leituras e interpretações.

 


Palavras-chave


Análise de Discurso; Escrita Midiática; #ELENÃO. Keywords: Discourse Analysis; Media Writing; #ELENAO.

Texto completo:

PDF

Referências


COURTINE, J. J. As metamorfoses do Homo politicus. In: PIOVEZANI, C.; SARGENTINI, V. (Org.). Legados de Michel Pêcheux: inéditos em análise de discurso. São Paulo: Contexto, 2018. p.117-127.

DIAZ, Aldo. #ELENÃO. Brasil, 28 de setembro de 2018. Instagram. Disponível em: https://www.instagram.com/p/BoRYCQqhpq4/?igshid=1ebb66e0n8s0e Acesso em 3/04/2019.

FERREIRA, M. C. L. O corpo enquanto objeto discursivo. In: PETRI, V.; DIAS, C. (Org.). Análise de Discurso em Perspectiva: teoria, método e análise. Santa Maria, RS: Ed. da UFSM, 2013. p. 99-119.

MUCB, Mulheres Unidas contra Bolsonaro. Texto de descrição. Brasil, 30 de agosto de 2018. Facebook. Disponível em: https://www.facebook.com/groups/499414607198716/ Acesso em: 03/06/2019.

ORLANDI, E. P. Análise do discurso: princípios e procedimentos. 6ª edição. Campinas, SP: Pontes, 2015.

ORLANDI, E. P. Discurso e Texto: formulação e circulação dos sentidos. 4ª edição. Campinas, SP: Pontes, 2012.

ORLANDI, E. P. Discurso e Textualidade. 3ª edição. Campinas, SP: Pontes, 2017.

ORLANDI, E. P. Interpretação; autoria, leitura e efeitos do trabalho simbólico. 3ª edição. Petrópolis, RJ: Vozes, 1996.

PÊCHEUX, M. O discurso: estrutura ou acontecimento. 7ª edição. Campinas, SP: Pontes Editores, 2015.

SANTOS, J. S.; SANTOS A. S. Leitura mediada por gêneros de jornal eletrônico e sustentabilidade: reflexões iniciais. Rev. FSA, Teresina-PI, v. 16, n. 3, art. 10, p. 185-210, mai./jun. 2019.

STRINGER. Jornal El País. #ELENÃO. 30 de setembro de 2019. https://brasil.elpais.com/brasil/2018/09/30/album/1538260378_408372.html#foto_gal_12 Acesso em: 07/05/2019.




DOI: https://doi.org/10.18554/rs.v9i1.4050

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

ISSN: 1983-3873