O mercenário tagarela e a tradução: os palavrões nas legendagens dos dois filmes de Deadpool (2016; 2018)

Gabriela Spinola Silva

Resumo


O presente trabalho apresenta uma análise dos palavrões encontrados no áudio original dos filmes estadunidenses Deadpool (2016, dir. Tim Miller) e Deadpool 2 (2018, dir. David Leitch) e em suas legendas oficiais em português, presentes nos blu-ray de ambos os filmes. Trata-se de uma pesquisa descritiva, que enfatiza a problemática do uso de palavrões e compara suas traduções (feitas por pessoas diferentes, com orientações distintas em relação a como tratar os palavrões e em momentos diferentes, porém visando o mesmo público), usando as estratégias de legendagem descritas por Gambier (2003) como base para a análise dos palavrões encontrados. Sabe-se que existem várias restrições e tecnicalidades envolvidas no processo de legendagem (KARAMITROGLOU, 1998) e a tradução de palavrões, termos que nem sempre são aceitos pela sociedade, é uma das questões mais delicadas existentes na tradução audiovisual. Assim, além da comparação entre originais e traduções, busca-se ainda contextualizar o papel da censura aos palavrões (tanto a literal, no período da ditadura militar no Brasil, quanto a moral, que ocorre ainda hoje, por motivos de pudor das distribuidoras e do público) (FRANCO, 1991) nos resultados das análises realizadas.


Palavras-chave


Tradução Audiovisual; Legendagem; Palavrões; Deadpool

Texto completo:

PDF

Referências


BOL. C*****inhos voadores: Tradução de Deadpool se inspirou até em pornochanchada. Disponível em: https://www.bol.uol.com.br/entretenimento/2018/05/17/cinhos-voadores-traducao-de-deadpool-se-inspirou-ate-em-pornochanchada.htm. Acesso em: 05 set. 2019.

BOX OFFICE MOJO. Deadpool (2016). Disponível em: http://www.boxofficemojo.com/movies/?page=main&id=deadpool2016.htm. Acesso em: 01 out. 2019.

BOX OFFICE MOJO. Deadpool 2 (2018). Disponível em: https://www.boxofficemojo.com/movies/?id=foxmarvel18.htm. Acesso em: 01 out. 2019.

BOX OFFICE MOJO. Once Upon a Deadpool (2018). Disponível em: https://www.boxofficemojo.com/movies/?id=deadpool3.htm. Acesso em: 01 out. 2019.

CINEMA EM CENA. X-Men Origens: Wolverine. Disponível em: https://cinemaemcena.com.br/critica/filme/6442/x-men-origens-wolverine. Acesso em 24 out. 2019.

DEADLINE. ‘Deadpool 2’: Year’s Top R-Rated Hit Gets New Life as PG-13 Film. Disponível em: https://deadline.com/2018/11/deadpool-ryan-reynolds-disney-pg13-marvel-1202495981/. Acesso em: 01 out. 2019.

DEADPOOL. Direção: Tim Miller. Produção: Rhett Reese, Paul Wernick, Ryan Reynolds. Vancouver (CA): Twentieth Century Fox, Marvel Entertainment, TSG Entertainment, 2016, 1 Blu-ray.

DEADPOOL 2. Direção: David Leitch. Produção: Rhett Reese, Paul Wernick, Ryan Reynolds. Vancouver (CA): Twentieth Century Fox, Marvel Entertainment, TSG Entertainment, 2018, 1 Blu-ray.

DÍAZ CINTAS, Jorge. New trends in audiovisual translation. 1 ed. Bristol, Reino Unido: Multilingual Matters, 2009. 283 p.

ERA UMA VEZ UM DEADPOOL. Direção: David Leitch. Produção: Rhett Reese, Paul Wernick, Ryan Reynolds. Vancouver (CA): Twentieth Century Fox, Marvel Entertainment, TSG Entertainment, 2018, 1 Blu-ray.

ESQUEDA, Marileide Dias. O filme “Tropa de Elite” em espanhol: a questão da tradução dos palavrões. Abehache. v. 2, n. 3, São Paulo, p. 145-161, 2012.

FRANCO, Eliana Paes Cardoso. Everything you wanted to know about film translation (But Did Not Have The Chance To). Dissertação (Mestrado em Letras) – Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC, 1991.

FREIRE, Rafael De Luna. O início da legendagem de filmes no Brasil. Matrizes, São Paulo, v. 9, n. 1, p. 187-211, 2015. Disponível em: http://www.journals.usp.br/matrizes/article/view/100680. Acesso em: 25 set. 2019.

GAMBIER, Yves. Screen Transadaptation: Perception and Reception. The Translator: Studies in Intercultural communication. Manchester, v. 9, n. 2, p. 171-189, 2003. Special Issue. Screen Translation.

GOMES, Fernando Franqueiro. A tradução para o português dos palavrões do filme Os Infiltrados, de Martin Scorsese. 2014. 45 f. Monografia (Bacharelado em Tradução) – Universidade Federal de Uberlândia.

GOTTLIEB, Henrik. Titles on Subtitling 1929-1999. An International Annotated Bibliography: Interlingual Subtitling for Cinema, TV, Video and DVD. Rassegna Italiana di Linguistica Applicata, Roma, v. 34, n. 1-2, p. 215-397, 2002.

IVARSSON, Jan. The History of Subtitles in Europe. In: FONG, Gilbert C.F.; AU, Kenneth K.L. (eds). Subtitling in a World Context. Hong Kong: The Chinese University, 2010. p. 3-12.

KARAMITROGLOU, Fotios. A Proposed Set of Subtitling Standards in Europe. Translation Journal, v. 2, n. 2, p. 1-15, abr. 1998. Disponível em: http://translationjournal.net/journal/04stndrd.htm. Acesso em: 25 set. 2019.

MICHAELIS ON-LINE. Palavrão. Disponível em: http://michaelis.uol.com.br/busca?palavra=palavrão. Acesso em: 25 set. 2019.

MENEZES, Paulo. Laranja Mecânica violência ou violação?. Tempo social, v. 9, n. 2, p. 53-77, 1997. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ts/v9n2/v09n2a04.pdf. Acesso em: 26 set. 2019.

NETFLIX PARTNER HELP CENTER. Brazilian portuguese timed text style guide. Disponível em: https://backlothelp.netflix.com/hc/en-us/articles/215600497-brazilian-portuguese-timed-text-style-guide. Acesso em: 26 set. 2019.

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA. Lei nº 5.536, de 21 de novembro de 1968. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/1950-1969/l5536.htm. Acesso em: 26 set. 2019.

ROTTEN TOMATOES. Deadpool (2016). Disponível em: https://www.rottentomatoes.com/m/deadpool. Acesso em: 01 out. 2019.

ROTTEN TOMATOES. Deadpool 2 (2018). Disponível em: https://www.rottentomatoes.com/m/deadpool_2. Acesso em: 01 out. 2019.

ROTTEN TOMATOES. Once Upon a Deadpool (2018). Disponível em: https://www.rottentomatoes.com/m/once_upon_a_deadpool. Acesso em: 01 out. 2019.

SILVA, Gabriela Spinola. O palavrão em Deadpool: uma análise comparativa entre legendas oficiais e legendas de fãs. 2017. 56 f. Monografia (Bacharelado em Tradução) – Universidade Federal de Uberlândia.

THE GUARDIAN. The old ultra-violence. Disponível em: https://www.theguardian.com/film/2000/mar/03/fiction. Acesso em: 24 out. 2019.




DOI: https://doi.org/10.18554/rs.v8i2.4052

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

ISSN: 1983-3873