Revista Triângulo https://seer.uftm.edu.br/revistaeletronica/index.php/revistatriangulo <p>A <em>Revista Triângulo</em> (ISSN 2175-1609) tem a missão de disseminar o conhecimento científico e incentivar debates acadêmicos nos campos de Fundamentos e das Metodologias Educacionais assim como das Políticas, dos Saberes e Práticas Educativas, da Formação de Professores e da Cultura Digital em interface com a Educação. </p> <p>The <em>Revista Triângulo</em> (ISSN 2175-1609) has the mission to disseminate scientific knowledge and encourage academic debates in the fields of the Fundamentals and Educational Methodologies, as well as the Policies, Knowledge and Educational Practice of Teacher Education Training and of Digital Culture in interface with Education.</p> <p>La <em>Revista Triângulo</em> (ISSN 2175-1609) es un periódico con la misión de difundir el conocimiento científico y fomentar los debates académicos en los campos de Bases y Metodologías Educativas, así como las Políticas, Conocimiento y Práctica Educativa, de la Formación Docente y de la Cultura Digital en la interfaz con la Educación. </p> Universidade Federal do Triângulo Mineiro pt-BR Revista Triângulo 2175-1609 <p>Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos: Autores mantém os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a <a href="http://creativecommons.org/licenses/by/3.0/" target="_new">Licença Creative Commons Attribution </a>que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.</p> Mal-estar docente: https://seer.uftm.edu.br/revistaeletronica/index.php/revistatriangulo/article/view/5519 <p>Este trabalho tem por objetivo compreender como se movimentam as discussões e o que aportam ao universo dos estudos sobre mal-estar docente. Recorre-se ao Banco de teses da Capes, contemplando um período de cinco anos (2015 a 2020) para produzir o levantamento. Amparado na perspectiva dos estudos, do tipo estado da arte ou revisão de literatura, buscou-se pela análise, selecionar produções que pudessem evidenciar contribuições à área de interesse. Lançamos mão da Análise de Conteúdo, preconizada por Bardin, para a realização do tratamento dos dados. O comprometimento da saúde dos docentes é um fator que emergiu com ênfase entre as pesquisas analisadas. Dentre os resultados dos estudos salienta-se de um lado, saúde ocupacional, sintomas mentais, depressão e medicalização e, de outro, a aposta em uma formação continuada que reconheça o trabalho intelectual do profissional como algo inerente ao trabalho. Apostando no diálogo onde a horizontalidade se impõe como um princípio formativo direcionando a escola para um espaço de exercício autoral de uma profissão.</p> Marlova Gross da Silva Gilberto Ferreira da Silva Copyright (c) 2022 Revista Triângulo https://creativecommons.org/licenses/by-nd/4.0 2022-04-19 2022-04-19 15 1 1 16 10.18554/rt.v15i1.5519 A Educação de Jovens e Adultos e os Direitos Humanos https://seer.uftm.edu.br/revistaeletronica/index.php/revistatriangulo/article/view/5865 <p>O presente artigo discute a importância da Educação de Jovens e Adultos (EJA) no resgate da humanidade de setores vulneráveis da sociedade a partir de um aporte teórico sobre Direitos Humanos, educação libertadora e documentos produzidos em âmbitos nacional e internacional sobre a EJA. Para tal intento, o texto divide-se em cinco partes: uma introdução, na qual se apresenta a problemática; na segunda seção, apresenta-se um quadro de exclusão escolar em contradição com o direito à educação formal; na terceira seção, relacionam-se Direitos Humanos à educação libertadora; na quarta seção, problematiza-se a visão do Estado e de setores da sociedade sobre para quem devem ser dirigidos os Direitos Humanos; e, na quinta seção, pontua-se a atuação da EJA em alguns setores vulneráveis da sociedade. Nas considerações finais, pondera-se que a diversidade não pode continuar sendo transformada em desigualdade, e para isso se fazem urgentes políticas públicas para assegurar os direitos fundamentais.</p> Maria Socorro G. Torquato Copyright (c) 2022 Revista Triângulo https://creativecommons.org/licenses/by-nd/4.0 2022-03-09 2022-03-09 15 1 17 30 10.18554/rt.v15i1.5865 Percepção dos egressos do curso de Ciências Biológicas sobre o ensino de Biologia na Educação Básica https://seer.uftm.edu.br/revistaeletronica/index.php/revistatriangulo/article/view/5971 <p class="Resumocorpo"><span style="font-size: 11.0pt; font-family: 'Times New Roman',serif;">Compreendendo a importância do curso de Ciências Biológicas na formação de professores de Biologia, o presente trabalho investigou a percepção dos egressos do curso de Ciências Biológicas de uma universidade pública do triângulo mineiro sobre o ensino de Biologia no ensino médio. Sendo assim, realizamos uma pesquisa de cunho qualitativo. Os dados da pesquisa foram coletados a partir de um questionário semiestruturado que investigou a percepção de 8 egressos do curso de Ciências Biológicas. Após uma análise profunda nos dados, baseado na Análise de Conteúdo, emergiram 3 categorias. De acordo com os egressos, as aulas expositivas relacionadas com aulas práticas são indispensáveis no processo de ensino aprendizagem. Os temas que geram curiosidade e interesse nos alunos, fazem parte principalmente do dia a dia deles. Os pontos negativos foram em sua maioria com relação a falta de recursos didáticos da escola. Por outro lado, as facilidades mencionadas são frutos de uma boa base educacional conseguidas na graduação. Enfim, é preciso discutir sobre o sistema educacional, as diversidades estruturais das escolas e utilizar metodologias diversas no processo de ensino aprendizagem durante a graduação, para que possibilite a mobilização dos saberes de formação profissional, disciplinares e experienciais que serão adquiridos na licenciatura. </span></p> Catarina Teixeira Camila da Silva Nascimento Copyright (c) 2022 Revista Triângulo https://creativecommons.org/licenses/by-nd/4.0 2022-04-19 2022-04-19 15 1 31 46 10.18554/rt.v15i1.5971 A formação de professores no contexto da sociedade neoliberal https://seer.uftm.edu.br/revistaeletronica/index.php/revistatriangulo/article/view/5872 <p>Este artigo é resultado de uma pesquisa bibliográfica de caráter qualitativo, em que contextualizo a história da formação de professores com base em autores como Barreto (2015), Saviani (2005) e Tanuri (2000) e utilizo o levantamento de produção científica publicada nos últimos 5 anos e disponível no Portal de Periódicos da CAPES, a fim de analisar a atual produção científica acerca da formação docente no contexto da sociedade neoliberal. Como resultados, pude constatar a unânime crítica contra as políticas neoliberais na educação, responsáveis por fenômenos como: aligeiramento, precarização e tecnificação da formação de professores, em defesa do capital e da reprodução das desigualdades sociais.</p> Lucas Mellini Faleiros Copyright (c) 2022 Revista Triângulo https://creativecommons.org/licenses/by-nd/4.0 2022-04-19 2022-04-19 15 1 47 58 10.18554/rt.v15i1.5872 A aplicação do exercício domiciliar em Universidades Federais https://seer.uftm.edu.br/revistaeletronica/index.php/revistatriangulo/article/view/5968 <p>O Exercício Domiciliar (ED) aplicado no ensino superior ocorre no período de licença por motivo de saúde ou licença-maternidade, tendo o aluno o direito à compensação de frequência às aulas por meio de atividades domiciliares, conforme legislação. Para conhecimento de como é praticado o ED dentro das universidades federais, foi realizado levantamento sobre o funcionamento do Exercício Domiciliar por meio de aplicação de um questionário via <em>site</em> do Sistema Eletrônico do Serviço de Informações ao Cidadão (e-SIC) e, especificamente dentro da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), por meio de questionário do <em>Google Forms,</em> instituição em que todo esse processo é tramitado por meio de formulário impresso. Na análise dos dados, foi observado que em nenhuma universidade consultada existe um processo todo informatizado para o ED em sistema unificado. Esse estudo objetiva demonstrar as fragilidades e morosidade por gerir o processo de modo tradicional e a importância de gerir todo o processo em formato digital, promovendo a eficiência e a melhoria na gestão e efetividade do direito garantido ao estudante, por meio de um processo informatizado.</p> Nilda Rosa Nunes Martins Ariana de Campos Copyright (c) 2022 Revista Triângulo https://creativecommons.org/licenses/by-nd/4.0 2022-04-19 2022-04-19 15 1 59 76 10.18554/rt.v15i1.5968 O papel da Filosofia na formação do(a) cientista da Educação https://seer.uftm.edu.br/revistaeletronica/index.php/revistatriangulo/article/view/6027 <p>Este artigo se constitui metodologicamente como uma revisão de literatura e tem como objetivo geral evidenciar o papel da Filosofia na formação do pedagogo, o cientista da Educação. Para tanto, parte da seguinte questão central: qual o papel da Filosofia na formação do(a) cientista da Educação? Ancorando-se em uma literatura que concebe a Educação em sua dimensão filosófico-científica, tece considerações importantes acerca do conceito de Educação, Ciência, Filosofia, Pedagogia e Pedagogo. Dentre os seus achados, destaca-se a constatação de que a Filosofia vem sendo inserida nos currículos &nbsp;dos cursos de Pedagogia do Brasil de forma panorâmica e pouco aprofundada, o que repercute, inevitavelmente, no conceito de Educação que prevalecerá entre os pedagogos. Como principal contribuição, a discussão exposta evidencia a importância da inseparabilidade entre Filosofia e Ciência para a formação integral do pedagogo, sobretudo no que diz respeito à compreensão radical do seu objeto de estudo e campo de atuação, defendendo, para tanto, que sem Filosofia, muito facilmente, o pedagogo tenderá a tornar-se um profissional que executa práticas e reproduz teorias, porém, pouco sobre ela pensa.</p> Daniel Cardoso Alves Copyright (c) 2022 Revista Triângulo https://creativecommons.org/licenses/by-nd/4.0 2022-04-25 2022-04-25 15 1 77 90 10.18554/rt.v15i1.6027 Uma experiência com teatro na divulgação científica em Uberaba-MG https://seer.uftm.edu.br/revistaeletronica/index.php/revistatriangulo/article/view/5848 <p>O presente artigo visa refletir sobre como a divulgação científica vem sendo desenvolvida na cidade de Uberaba - MG a partir da utilização da linguagem teatral como ponte, agindo como tradutora e transmissora de informações sobre ciências. Para realização do trabalho foi utilizada pesquisa bibliográfica sobre a temática além do compartilhamento de uma vivência em atuação com uma peça de teatro com temática científica que aconteceu na Semana da Água no ano de 2018 na cidade de Uberaba/MG. Faz necessário, em um período de desmantelamento das ciências e das artes, refletir como essas práticas podem ser um recurso para um diálogo construtivo entre as ciências e o público.</p> Luana Rodrigues de Araújo Copyright (c) 2022 Revista Triângulo https://creativecommons.org/licenses/by-nd/4.0 2022-04-22 2022-04-22 15 1 91 102 10.18554/rt.v15i1.5848 A necessidade de aprender sobre as tecnologias digitais de informação e comunicação e os impactos na saúde mental dos professores https://seer.uftm.edu.br/revistaeletronica/index.php/revistatriangulo/article/view/6105 <p>Com a pandemia do COVID-19, devido à necessidade do ensino remoto, o professor precisou aprender a usar as TDIC para melhor desenvolvimento das suas atividades de ensino. A urgência de continuar com as aulas, seguindo o imperativo de que “não podemos parar”, a corrida pela aprendizagem de alguma TDIC muita angústia, sofrimento e estresse. Assim sendo, ensinar o profesor a manusear as tecnologias que melhor se encaixam na sua demanda de ensino pode ser um desafio. Muitos profissionais tiveram que aprender em poucos dias o que deveria ser ensinado no decorrer da sua formação. Essa aprendizagem “corrida” trouxe incerteza para estes profissionais que estavam inseguros na utilização e aplicação das tecnologias necessárias para suas aulas.&nbsp; Dessa maneira, o objetivo desse artigo é investigar (através de pesquisa bibliográfica) como a saúde mental do professor pode ser comprometida devido à exacerbada cobrança de que o mesmo detenha o conhecimento das TDIC, mesmo não utilizando-as. Durante este estudo, foi possível realizar um levantamento das doenças que mais acometeram os professores durante o isolamento social, sendo estas a depressão, ansiedade e o estresse. O que se pode concluir perante este estudo é que devido à pandemia do COVID-19, essas doenças apresentam índices alarmantes.</p> Sabrina Almeida Alves dos Santos Paula Nakamoto Hugo Leonardo Pereira Rufino Copyright (c) 2022 Revista Triângulo https://creativecommons.org/licenses/by-nd/4.0 2022-04-26 2022-04-26 15 1 103 117 10.18554/rt.v15i1.6105 For a metaphysics of deixis https://seer.uftm.edu.br/revistaeletronica/index.php/revistatriangulo/article/view/5967 <p>Why to entitle an paper: “For a metaphysics of deixis”? First, because Bühler's theory of the spirit about deixis or “Bühler's ghost” itself means the world of virtualities which is created fantastically (an aspect which Bühler did not explain in detail) and, second, because the term “metaphysics” originally indicates a new way of dealing with the phenomenon little observed in the deixis which is the resurrection of the past in our indicial lives. I as soon as I point to something, I, at the same time, am leaving behind a life, a life which is indicial, full of signifiers, of which I cannot neglect them. With this act, I have already created a range of images in my mind regarding the apprehension of the object, with perception, I act, point, and speak. Already within the act of perceiving the object, before I even point to it, a series of coalescing images has already been created in my mind. The fundamental problem presented here is that it is not possible to think about existence without memory, just as it is not possible to think about the act of pointing (the deixis) without a retrospection of the past.&nbsp;</p> <p><strong>&nbsp;</strong></p> Caio César Costa Santos Copyright (c) 2022 Revista Triângulo https://creativecommons.org/licenses/by-nd/4.0 2022-04-30 2022-04-30 15 1 118 132 10.18554/rt.v15i1.5967 Intensificação do trabalho docente https://seer.uftm.edu.br/revistaeletronica/index.php/revistatriangulo/article/view/6165 <p>O presente artigo investigou a percepção de docentes em relação ao ensino remoto nas práticas educativas, de modo a compreender como ocorreu o processo de intensificação do trabalho docente no contexto da Pandemia de COVID-19 em 2020. Tal investigação buscou responder às questões de pesquisa: Qual a percepção dos docentes da rede pública municipal e estadual e do sistema privado de Goiás em relação ao ensino remoto nos processos educativos em tempos de Pandemia do COVID-19? De que forma ocorre o processo de intensificação do trabalho docente devido à sua realização no formato a distância nesse tempo de pandemia? Para o trato da problemática em foco, lançou-se mão do referencial teórico-metodológico acerca da intensificação do trabalho docente de Duarte, 2010; Oliveira, 2006, entre outros, e das respostas de docentes ao instrumento de coleta de dados elaborado: um questionário virtual com perguntas dissertativas e objetivas aplicado de forma remota. Os resultados da pesquisa identificaram a percepção de professores no dado contexto e evidenciam a intensificação do trabalho docente pontuando especificidades no contexto pandêmico, como: aumento da carga horária, desgaste no processo de trabalho e responsabilização pelo sucesso do ensino remoto.</p> <p>&nbsp;</p> Kamylla Pereira Borges Cláudia Helena dos Santos Araújo Alessandro Silva de Oliveira Copyright (c) 2022 Revista Triângulo https://creativecommons.org/licenses/by-nd/4.0 2022-05-02 2022-05-02 15 1 133 151 10.18554/rt.v15i1.6165