FORMAÇÃO DE PROFESSOR: O CONCEITO DE INTERAÇÃO EM TEXTOS DE ALUNOS DO 4º ANO DE LETRAS/ESPANHOL

Marcela de Freitas Ribeiro Lopes

Resumo


Esta pesquisa pretende apresentar e investigar conceitos do termo Interação presentes em textos de
alunos do 4º ano de Letras/Espanhol da Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná
UNICENTRO/ Campus de Irati. Pedi aos alunos que escrevessem sobre professores que marcaram
suas vidas na escola exemplificando as atitudes desses professores. Nestes textos, percebo que os
alunos abordam, mesmo que inconscientemente, características da Interação tanto em relação ao
conceito de Vygotsky, como também de Bakhtin. Para  fundamentar a pesquisa abordarei os
conceitos vygotskyanos sobre interação e sobre internalização, e os conceitos bakhtinianos de
interação, principalmente no que diz respeito aos termos: dialogismo e interação verbal. É certo que
esses conceitos não aparecem claramente nos textos  estudados, porém estão presentes nos
exemplos dados e no senso comum dos alunos a respeito da ação do professor. Os alunos criticam
um ensino que não privilegia a interação, e dizem também que é muito difícil fugir do tradicional.
Desta maneira relacionam o tradicional a tudo aquilo que “não é comunicativo” e “não é interação”.     
 
Palavras-chave: formação de professor, teoria/prática, interação.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18554/rs.v1i1.16

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN: 1983-3873