Proposta de uma rota de produção de Etileno glicol através da comunicação entre os softwares Scilab e COCO

Caio Cesar Lino Menezes, Davi Leonardo de Souza

Resumo


Na engenharia química, um dos ramos de grande importância e que cada vez mais vem adquirindo espaço é a simulação de processos químicos. Aliado a esse crescimento, vem o desenvolvimento de novas ferramentas computacionais utilizadas para tal finalidade. Neste contexto, este trabalho visa propôr uma rota para o processo de produção do Etileno glicol através da comunicação dos softwares Scilab e COCO. Realizou-se também um estudo para a implantação de um controlador do tipo proporcional e integral (PI), que terá como finalidade aumentar o rendimento da reação de produção de Etileno glicol através da manipulação da concentração inicial de Óxido de etileno (). Com a manipulação da , tem-se o propósito de controlar a concentração de Óxido de etileno (), fazendo com que ela atinja e se mantenha na faixa de 100 mol/m³ para que a conversão final da reação seja de 98%. Com o término deste trabalho, chegou-se ao êxito na comunicação entre os softwares e na conversão final da reação de produção de Etileno glicol.

Texto completo:

PDF

Referências


BEQUETTE, B.W. Process Dynamics: Modeling, Analysis, and Simulation. New Jersey: Prentice Hall PTR, 1998.

COCO. Simulation environment. Disponível em: < http://www.cocosimulator.org/index.html>. Acesso em: 13 julho. 2016.

FOGLER, H. S. Elementos de Engenharia das Reações Químicas. LTC, 4. Ed, 2009.

GARCIA, C. Modelagem e simulação de processos industriais e de sistemas eletromecânicos. 2. Ed. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2005.

MARTINS, L.; CARDOSO. D. PRODUÇÃO DE ETILENO GLICÓIS E DERIVADOS POR REAÇÕES CATALÍTICAS DO ÓXIDO DE ETENO. Revista Química Nova, Vol. 28, No. 2, 2005.

OXITENO. Boletim Técnico. Etilenoglicóis. Disponível em: . Acesso em: 07 julho. 2016.

PEREIRA, F. F.; MORI, R. P. MODELAGEM E SIMULAÇÃO DE UM SISTEMA CSTR-COLUNA DE DESTILAÇÃO: PRODUÇÃO DE MONOETILENOGLICOL (MEG). Universidade Federal de Alfenas, 2014.

PORTANTIOLO, C. S. Ficha Técnica do ETILENO GLICOL (MONO). Quimidrol, 2013.

ROCHA, R. S. ELETROSSÍNTESE DE METANOL E ETILENOGLICOL ELETRODOS DE DIFUSÃO À GÁS. Universidade Estadual de Campinas, 2010.

RANGAIAH, G. P.; KARIWALA, V. Plantwide Control: Recent Developments and Applications. Singapura: Wiley, 2012.

SCILAB. About Scilab. Disponível em: < www.scilab.org/scilab/about>. Acesso em: 13 julho. 2016.

SEBORG, D. E.; EDGAR, T. F.; MELLICHAMP, D. A. Process Dynamics and Control. WILEY, 2. Ed, 2004.

SIEMENS. Process Analytics in Ethylene Oxide and Ethylene Glycol Plants. 2015. Disponível em: . Acesso em: 13 julho. 2015.

SMITH, J. M.; VAN NESS, H. F.; ABBOTT, M. M. INTRODUÇÃO À TERMODINÂMICA DA ENGENHARIA QUÍMICA. LTC, 7. Ed, 2007.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.